Uma derrota no ano e invencibilidade de 3 meses. Qual o segredo do Inter?

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Os números do Internacional nesta temporada impressionam. O campeão gaúcho que venceu sua segunda partida pelo Brasileiro nesta quinta-feira (26) ao bater o Sport no Beira-Rio por 1 a 0 aponta com invencibilidade de três meses e só perdeu uma em todo o ano. E segundo o técnico Argel Fucks, o segredo é o trabalho.

"Nada resiste ao trabalho. Todos aqui trabalham muito. Começamos lá no dia 6 de janeiro, nos Estados Unidos. Um trabalho sério, físico, que hoje temos uma parte física aceitável, tático, que hoje temos uma parte tática aceitável... Não é o ideal, mas aceitável. Um time que não tenha uma condição física, técnica e tática, não consegue ficar desde 6 de janeiro, contando os amistosos, que foram pedreiras com Bayer Leverkusen e Fluminense, até aqui com apenas uma derrota no ano. É o trabalho. ", disse o treinador. 
 
Ao todo são 26 jogos neste ano com 15 vitórias, 10 empates e apenas uma derrota, para o Veranópolis, pelo Estadual. O aproveitamento bate nos 70% com 44 gols marcados e apenas 16 sofridos. 
 
"O Inter é o time que menos perdeu no Brasil. Uma derrota no ano. Depois vem o Santos com duas. Isso só pode ser sintetizado pelo trabalho. Nada resiste ao trabalho. E ainda vamos crescer. Temos um time de jovens, buscando afirmação", ressaltou Argel. 
 
A série invicta dura desde o dia 24 de fevereiro, quando o VEC bateu o Colorado em pleno Beira-Rio, no jogo marcado pelos apagões no estádio vermelho. Desde lá são 16 partidas com 10 vitórias e 6 empates, 26 gols marcados e 7 sofridos. Nos últimos 940 minutos de bola rolando, o Inter levou um gol apenas. 
 
"Já  conseguimos mostrar nossa cara no Gauchão, mantivemos a hegemonia do Estado, que é importante. Mas não vamos parar aqui. Queremos mais. Queremos não só o Rio Grande do Sul, mas o Brasil, e depois do Brasil, vamos querer a América, e também o Mundo. É nossa motivação no dia a dia", comentou. 
 
E mesmo assim, o clube acredita que não está entre os favoritos ao título. O discurso repetido no Internacional é que o Colorado está longe dos principais postulantes à conquista. E correndo por fora as chances aumentam. 
 
O Inter ainda receberá reforços. Há jogadores contratados por estrear, como Seijas e Ariel, e outras possibilidades boas de mudança, como a chegada de Nico López. 
 
Superando oscilações ou mesmo críticas, o técnico Argel Fucks celebrou a vitória em seu jogo de número 50. Ao todo, o comandante tem 28 vitórias, 14 empates e 8 derrotas desde o ano passado. Conquistou a Recopa Gaúcha e o Gauchão deste ano, e saiu da Primeira Liga sem ser derrotado, mas após empate e queda nos pênaltis na semifinal diante do Fluminense. 
 
O próximo desafio será diante do Santos. O jogo da quarta rodada do Brasileirão está marcado para domingo, na Vila Belmiro. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos