Cruzeiro empata no final e segue sem ganhar do América-MG em 2016

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro segue sem vencer o América-MG. As equipes de Belo Horizonte se enfrentaram, na tarde deste sábado (28), no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e não saíram do empate. A igualdade por 1 a 1 contou com gols de Victor Rangel, pelo visitante, e Giorgian De Arrascaeta, pelo mandante.

Com o resultado, ambos chegam a dois pontos e permanecem na zona de rebaixamento. Só Sport e Atlético-PR estão atrás das equipes de Minas Gerais na tabela de classificação do principal torneio nacional.

Victor Rangel, o artilheiro
O atacante voltou a fazer a diferença em prol do América-MG em um clássico de Belo Horizonte. Como fez diante do Atlético, na decisão do Campeonato Mineiro, o centroavante balançou a rede no primeiro lance de gol no compromisso. O atleta disputou a sua 17ª partida no ano e marcou cinco gols.

Arrascaeta vira homem gol
O uruguaio do Cruzeiro elevou a produção ofensiva e não para de fazer gols. Na terceira rodada, ele foi o responsável pela única bola na rede da equipe de Belo Horizonte na derrota por 4 a 1 para o Santa Cruz. Neste sábado, ele foi o responsável por empatar o jogo para a equipe comandada por Paulo Bento. O gol saiu após boa jogada de Robinho.

Paulo Bento "erra" na escalação
O treinador armou a escalação de uma forma parecida com a de Mano Menezes, com três volantes – Bruno Ramires, Henrique e Ariel Cabral – e três homes de frente – Arrascaeta, Willian e Elber. O problema é que, no banco de reservas, ele tinha opções melhores para os dois setores. Robinho poderia entrar no meio de campo e Riascos era a melhor escolha para o setor ofensivo. Na defesa também houve um erro. Federico Gino entrou na lateral direita, mas Lucas poderia atuar como titular.

Sánchez Miño vaiado pela China Azul
O meio-campista foi novamente improvisado na lateral esquerda. Em 18 partidas pelo clube, ele atuou 11 pelo lado do campo. No duelo deste sábado, ele foi bastante vaiado pela torcida que compareceu ao Gigante da Pampulha.

Cruzeiro virou "freguês" do América
O Cruzeiro enfrentou o América-MG em quatro oportunidades na atual temporada. O time da Toca da Raposa II não conseguiu nem uma vitória sequer sobre o rival de Belo Horizonte. Durante o Campeonato Mineiro, foram três confrontos – uma derrota e dois empates. O resultado da quarta rodada do Brasileirão mantém o retrospecto do Alviverde sobre o adversário.

O velho problema da falta de pontaria
Só no primeiro tempo, o Cruzeiro finalizou por 10 vezes, mas somente quatro foram em direção ao gol de João Ricardo. Willian voltou a vacilar em finalizações. O atacante perdeu um gol na marca do pênalti. O Bigode, como o jogador é conhecido, perdeu a melhor oportunidade da equipe.

Ficha técnica
Cruzeiro x América-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de maio de 2016 (sábado)
Hora: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
Público: 11.266 pagantes
Renda: R$ 263.582,00
Cartões amarelos: Douglas Coutinho (Cruzeiro); Leandro Guerreiro (América-MG)

Gols: Victor Rangel (0-1) 30'/1ºT; Arrascaeta (1-1) 35'/2ºT

Cruzeiro
Fábio; Federico Gino (Douglas Coutinho), Bruno Viana, Léo e Sánchez Miño; Henrique, Ariel Cabral (Robinho) e Bruno Ramires; Elber, Arrascaeta e Willian (Riascos).
Técnico: Paulo Bento.

América-MG
João Ricardo; Hélder (Roger), Artur, Suéliton e Danilo Barcelos; Leandro Guerreiro, Claudinei, Tiago Luis (Juninho) e Rafael Bastos; Guilherme Xavier e Victor Rangel (Sávio).
Técnico: Givanildo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos