Marcelo repete início ruim, mas pode ser o melhor da década no Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Marcelo Oliveira durante treino do Atlético-MG, na Cidade do Galo

    Marcelo Oliveira durante treino do Atlético-MG, na Cidade do Galo

Começar o novo trabalho de uma forma positiva. Isso nem sempre é visto na Cidade do Galo. Na verdade, todos os treinadores que iniciaram trajetórias no clube nesta década encontraram dificuldades. Marcelo Oliveira repete o que seus antecessores fizeram com as cores do Atlético-MG, tem um início negativo e mesmo assim pode ter o melhor em caso de triunfo sobre o Vitória, neste domingo (29).

Em sua estreia no clube, o comandante não saiu do empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR na Arena da Baixada. No primeiro jogo dentro de seus domínios, a equipe foi goleada pelo Grêmio. A derrota por 3 a 0 em pleno estádio Independência o decepcionou bastante.

Neste domingo (29), ele terá mais uma oportunidade de buscar um triunfo para os seus comandados. O adversário será o Vitória no Barradão, em Salvador, pela quarta rodada do Brasileirão. Caso obtenha um resultado positivo, ele iguala a marca de Autuori e terá o melhor começo de trabalho da década no Atlético.

Cuca foi o primeiro comandante a iniciar a sua passagem pelo Galo nesta década. Contratado para substituir Dorival Júnior, em agosto de 2011, o treinador iniciou a sua passagem com três reveses consecutivos. O time foi batido por Botafogo, pela Sul-Americana, Coritiba e Corinthians, ambos no Brasileirão.

O seu substituto, Paulo Autuori, é quem tem os melhores números até o momento. Com um empate (Minas Boca), uma vitória (Nacional-MG) e um revés (Tombense) nos três primeiros jogos à frente do clube, o treinador obteve 44,44% de aproveitamento em sua primeira trinca de partidas – todas válidas pelo Campeonato Mineiro.

Contratado para salvar o trabalho feito por Paulo Autuori, o qual foi considerado ruim pela cúpula, Levir Culpi iniciou a sua trajetória no Brasileirão. Na ocasião, o time foi derrotado pelo Grêmio no Olímpico. Na sequência, conseguiu um empate contra o Atlético Nacional, da Colômbia, pela Libertadores, mas acabou eliminado nas oitavas de final. Por fim, foi derrotado pelo Goiás no estádio Independência. Os duelos contra os times nacionais eram válidos pelo Brasileirão 2014.

Entre os trabalhos de Levir Culpi e Marcelo Oliveira, houve a passagem do uruguaio Diego Aguirre pela Cidade do Galo. E o gringo também não começou bem nos jogos oficiais. A equipe foi derrotada pelo Flamengo, na estreia da Primeira Liga, venceu o Uberlândia, pelo Estadual, e voltou a perder no jogo com o Figueirense, também na Primeira Liga.

Os primeiros jogos dos técnicos do Atlético na década:
Cuca
10/8/2011 – Atlético 1 x 2 Botafogo (Copa Sul-Americana)
14/8/2011 – Coritiba 3 x 0 Atlético (Brasileirão)
17/8/2011 – Atlético 2 x 3 Corinthians (Brasileirão)

Paulo Autuori
29/1/2014 – Minas Boca 0 x 0 Atlético (Campeonato Mineiro)
2/2/2014 – Atlético 2 x 1 Nacional-MG (Campeonato Mineiro)
5/2/2014 – Atlético 0 x 2 Tombense (Campeonato Mineiro)

Levir Culpi
27/4/2014 – Grêmio 2 x 1 Atlético (Brasileirão)
1/5/2014 – Atlético 1 x 1 Atlético Nacional-COL (Libertadores)
4/5/2014 – Atlético 0 x 1 Goiás (Brasileirão)

Diego Aguirre
27/1/2016 – Atlético 0 x 2 Flamengo (Primeira Liga)
31/1/2016 – Uberlândia 0 x 1 Atlético (Campeonato Mineiro)
7/2/2016 – Figueirense 2 x 1 Atlético (Primeira Liga)

Marcelo Oliveira
22/5/2016 – Atlético-PR 1 x 1 Atlético (Brasileirão)
26/5/2016 – Atlético 0 x 3 Grêmio (Brasileirão)
29/5/2016 – Vitória x Atlético (Brasileirão)
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos