Como Kelvin saiu da reserva do Palmeiras para a titularidade no São Paulo

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Juan Karita

    Kelvin foi titular do São Paulo em sete jogos da Libertadores

    Kelvin foi titular do São Paulo em sete jogos da Libertadores

Kelvin chegou ao Palmeiras no pacote dos contratados pelo diretor Alexandre Mattos, em janeiro do ano passado. Em 12 meses no clube, o atacante teve apenas quatro chances como titular. No São Paulo, porém, a situação é oposta: desde fevereiro, o jogador já foi escalado dez vezes na equipe principal. Neste domingo, o fato voltará a acontecer contra o ex-time.

Sob o comando do técnico Edgardo Bauza, Kelvin participou de 17 jogos em apenas quatro meses. No Palmeiras, foram apenas 23 chances nos times de Oswaldo de Oliveira e Marcelo Oliveira, com apenas um gol marcado -- no rival, o atacante já marcou dois. A passagem, porém, acabou marcada por uma grave lesão no joelho, que o tirou dos gramados por quatro meses. 

Nos dois casos, Kelvin foi emprestado pelo Porto por um ano. Ao fim do período, o Palmeiras tentou prolongar o vínculo. Sem sucesso, o clube viu o rival acertar com os portugueses após um pedido de Bauza.

Na ocasião, o treinador argentino pediu à diretoria a contratação de um atacante de lado de campo para atuar na linha de três do esquema 4-2-3-1. A ideia era aproveitar a característica do drible e do arranque com a bola, da diagonal para a área.

Antes de acertar com o São Paulo, no começo de fevereiro, Kelvin chegou a fazer um agradecimento público ao Palmeiras. No texto publicado em uma rede social, o jogador também elogiou o clube.

"Fico triste em estar saindo desse grande clube que me acolheu muito bem, mas fico muito feliz por ter feito parte dessa grande história que o Palmeiras vem construindo. Nunca sairá do meu coração! Obrigado, Palmeiras", escreveu.

Na primeira entrevista como jogador do São Paulo, na apresentação, Kelvin voltou a mostrar agradecimento ao Palmeiras, mas lamentou ter tido poucas chances no time alviverde enquanto esteve bem fisicamente.

"Foi um ano bom. Aprendi muito e me recuperei de uma lesão grave no início, mas não tive tantas oportunidades como esperava. Quando entrei, me senti bem, acho que ajudei, e até fui campeão (da Copa do Brasil). Agora isso é passado. Embora eu seja agradecido, minha cabeça é no São Paulo", afirmou Kelvin.

FICHA TÉCNICA
 
SÃO PAULO x PALMEIRAS
 
Data: 29/05/2016, domingo
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG) 
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)
 
SÃO PAULO: Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Matheus Reis; Thiago Mendes, Wesley, Kelvin, Ganso e Centurión; Alan Kardec. Técnico: Edgardo Bauza
 
PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto (Fabrício); Matheus Sales (Thiago Santos), Tchê Tchê, Moisés (Alecsandro), Dudu e Róger Guedes; Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos