Patric revela como saiu gol do Atlético-MG e por que atuou como meia

Do UOL, em Belo Horizonte

O Atlético-MG marcou um gol inusitado na partida deste domingo (29), diante do Vitória. Marcos Rocha cobrou escanteio rasteiro pelo lado direito do ataque e Patric, na entrada da área, finalizou forte. Ele ainda contou com o vacilo do goleiro Fernando Miguel para balançar a rede. A jogada parecia muito bem ensaiada, mas o que poucos sabem é que ela foi trabalhada por Levir Culpi e só saiu devido a uma piscada de olho do lateral direito para o autor do tento.

Quem revelou que o lance já era praticado em 2015, quando o atual treinador do Fluminense estava na Cidade do Galo, foi o próprio Patric. O jogador conta, porém, que o lance só aconteceu devido a um combinado entre ele e Marcos Rocha:

"Não foi ensaiada não. A gente já fazia no ano passado. Eu olhei para o Marcos Rocha, ele deu uma piscada de olho e eu corri. Ele foi muito bem no passe, e eu consegui fazer o gol. Tivemos um bom ritmo. Sabemos que aqui é muito difícil de jogar. Esse gol é para você, Dominic, meu filho", disse o jogador ainda no intervalo do compromisso.

Após o apito do árbitro, o lateral direito explicou por que foi improvisado por Marcelo Oliveira no setor de criação. Ele não esconde que foi o responsável por pedir ao comandante para atuar naquela posição:

"Fora de posição, mas pedi para fazer ali a meia, para ajudar o grupo. Sou um cara que gosta de ajudar o grupo. Nós nos empenhamos, deixamos cair um pouco no segundo tempo, mas faz parte", concluiu o lateral direito que segue atuando improvisado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos