Dorival cobra mais reforços e vê Santos sem dinheiro para lidar com perdas

Dassler Marques e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

O técnico Dorival Júnior voltou a cobrar reforços para o Santos após a derrota no clássico contra o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador, inclusive, ressaltou que os atletas contratados para suprir as perdas de jogadores, como Ricardo Oliveira, lesionado, e Gabigol e Lucas Lima, na seleção, não estão disponíveis.

Isso porque Jonathan Copete, Emiliano Vecchio e Fabián Noguera precisam aguardar a abertura da janela de transferências do futebol internacional, e Rodrigão, do Campinense, só se apresentou ao clube paulista na última segunda-feira.

"Espero mais peças para que tenhamos reposição. Não conseguimos estrear nenhuma das contratações feitas. Que esses jogadores mais integrados possam dar mais segurança à equipe, alcançando melhores resultados", afirmou Dorival.

O treinador foi mais longe ainda na cobrança por reforços e lembrou que, até o início do Campeonato Brasileiro, o Santos só havia investido R$ 2 milhões para contratar jogadores. Dorival se refere a contratação de Rodrigão, que foi contratado há quase dois meses, mas só chegou nesta semana.

"Não existe planejamento sem condições de investimento. Nosso nível de investimento esse ano foi até o início do Brasileiro de R$ 2 milhões, não investimos mais que isso. Como planejar sem ter que investir? Contratamos o Vecchio, que deve estar chegando e que só virá em 20 dias, teremos mais o Copete, que foi investimento, no momento que o clube tinha possibilidade. Então planejar sem dinheiro vai por terra qualquer planejamento. Queríamos vários jogadores, inclusive o Marquinhos (Gabriel) que era do ano passado, que priorizei e pedi mais que ninguém e não conseguimos. Como vai planejar dessa maneira sem que possa ter verba para poder disponibilizar", disse.

Dorival deve receber nesta semana o volante Yuri, do Audax. O atleta já acertou salários com o Santos e assinará um contrato de empréstimo até o fim de 2017. Para isso, o volante teve renovar contrato com o clube de Osasco até o fim de 2019.

O zagueiro Alex, do Milan, da Itália, se ofereceu para voltar ao Santos, mas o alto salário travou o negócio. O clube paulista ainda negocia a contratação de mais um atleta do Atlético Nacional, da Colômbia. Trata-se do meia venezuelano, Alejandro Guerra. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos