Revelação do Goiás pode ser primeiro reforço para a defesa do Atlético-MG

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • EFE/Weimer Carvalho

    Felipe Macedo, do Goiás, marca Osbaldo Lastra, do Emelec

    Felipe Macedo, do Goiás, marca Osbaldo Lastra, do Emelec

A diretoria do Atlético-MG e o técnico Marcelo Oliveira não escondeu que o clube alvinegro está em busca de reforços. Embora não comentem sobre nomes, é notório que a busca por um jogador para a defesa é prioridade neste momento. E o nome da vez é o de Felipe Macedo, zagueiro de 22 anos, que pertence ao Goiás.

Com dois zagueiros lesionados e com Erazo na Copa América, Marcelo Oliveira teve de recorrer às categorias de base para montar o time e o banco de reservas no empate com o Fluminense. Titular ao lado de Tiago, Gabriel fez somente a sexta partida como jogador profissional.

Como Leonardo Silva e Edcarlos seguem sem previsão de volta, a diretoria intensificou a busca por zagueiro no mercado internacional. A janela para inscrição de jogadores que atuam fora do Brasil se abre somente no dia 20. Como o Atlético tem pressa, a diretoria e a comissão técnica encontraram em Felipe Macedo um jogador com as características que agradam.

"A necessidade se dá pela ausência de jogadores. Para que não tenhamos necessidade de improvisar, esse assunto está sendo tratado internamente, é possível que venha agora, ou que demore. Se for mais rápido, certamente nos ajudaria mais", comentou o treinador, que mais tarde admitiu uma consulta pelo defensor do Goiás.

O Atlético já iniciou as conversas com o jogador e também com a equipe goiana. Num primeiro momento, a negociação seria por empréstimo, envolvendo a troca de jogadores. Mesmo que acerte com Felipe Macedo, a diretoria do Atlético não descarta a contratação de zagueiro que esteja fora do país.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos