Jovens criam raiz em Xerém e usam lotação para evitar desgaste com 'viagem'

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • BRUNO HADDAD/FLUMINENSE F.C.

Mais que formar atletas, a categoria de base do Fluminense cria uma filosofia de vida. Prova disso, é que muitos jogadores preferem seguir morando em Xerém, distrito de Duque de Caxias, local onde fica o centro de treinamento dos jovens. Marlon, Marcos Júnior, Nogueira, Ayrton e Matheus tomaram essa decisão.

O problema é que o treino é em Laranjeiras e eles percorrem 50 quilômetros para sair de Xerém até a zona sul do Rio de Janeiro. O trajeto seria cansativo, mas o Fluminense oferece uma ajuda que salva os jogadores. Uma van recolhe o quinteto e o conduz para as atividades diárias. Eles não escondem a felicidade e a gratidão com a carona do motorista Wagner.

"A van serve para pegar os meninos que treinam nos profissionais. Hoje só o Matheus e o Ayrton estão no centro de treinamento e a gente vai na carona porque o 'tio' é nosso parceiro. Não são todos os dias, às vezes vou dirigindo porque não tem van, mas sempre que dá é melhor", disse Marcos Júnior ao UOL Esporte.

"Eu morava na Barra, mas depois que casei me mudei de volta para Xerém. Minha mulher é daqui e agora estamos terminando a reforma na casa, Graças a Deus. Agora estou acomodado por aqui e com essa ajuda da condução é ainda melhor", completou o atacante do Fluminense.

Marlon está em fase final para tirar a carteira de motorista e vai ajudar no revezamento quando o 'tio da van' não puder leva-los às Laranjeiras. Uma ajudinha do amigo Wagner para minimizar o problema da distância de Xerém.

"Xerém é um lugar que eu gosto e me sinto bem. A condução do clube é essencial porque evita que os jogadores se desgastem no trânsito. Os tios da van trazem esse conforto para a gente", explicou o zagueiro.

"Aumenta o convívio, mas é muito agradável. A gente brinca e zoa. Não tem problema nenhum, graças a Deus. Pelo contrário. Nossa nossa amizade se fortalece ainda mais a cada dia. Ayrton e o Matheus quebram mais [cometem gafes], mas é bom demais estar com eles", finalizou Marlon.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos