Distância para os líderes do Brasileiro é preocupação dentro do Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Marcos Rocha mostra preocupação com a distância do Atlético-MG para os líderes do Brasileiro

    Marcos Rocha mostra preocupação com a distância do Atlético-MG para os líderes do Brasileiro

Até o momento foram concluídas penas cinco das 38 rodadas do Campeonato Brasileiro. Pouco mais de 10% da competição, mas o suficiente para ligar o alerta na Cidade do Galo. Com apenas seis pontos conquistados em 15 possíveis, o Atlético-MG já vê o Internacional na liderança e com sete pontos a mais. Muita coisa para um dos clubes apontados como um dos favoritos ao título nacional.

E é com isso em mente que o Atlético vai para o duelo com o Sport, neste domingo, às 16h, na Ilha do Retiro. Vencer a não deixar os líderes se afastarem. É a grande meta do Atlético em Recife. "Já são sete pontos de diferença, e não podemos distanciar muito. É importante voltarmos a vencer o mais rápido possível. Vamos trabalhar e dar o máximo para voltar a vencer", comentou o lateral direito Marcos Rocha.

A pressão também é pela primeira vitória de Marcelo Oliveira neste retorno ao Atlético. São quatro partidas, com três empates e uma derrota. É certo que a quantidade de jogadores ausentes tem prejudicado o Atlético. São vários atletas no departamento médico e outros defendendo suas respectivas seleções na Copa América.

Mas aos poucos o time vai sendo reforçado pelo departamento médico. Contra o Fluminense, na última quarta-feira, Marcelo já contou com o retorno de Robinho. Neste domingo, quem volta é o meia Carlos Eduardo. Um alento para quem entrou no Brasileirão para disputar o título, mas por enquanto segue fora dos dez primeiros colocados.

"A gente não pode deixar os outros clubes que são candidatos ao título ter vários pontos na frente. Hoje a gente sabe que temos que pontuar. Estes jogos para frente são importantes para a gente", disse Carlos Eduardo.

Os retornos de Robinho e Carlos Eduardo são alentos para o técnico Marcelo Oliveira. Contratado para disputar o título do Brasileirão, o treinador tem sofrido para fazer o Atlético encostar nos primeiros colocados. Como tem muito jogo pela frente, Marcelo mantém o time alvinegro entre os postulantes ao título.

"Favorito é uma palavra bem forte. No Brasileiro você tem candidatos. O Atlético é um candidato, assim como são outros grandes clubes. O Atlético, por ter um time base, ter jogado muito bem nos últimos anos, ele se torna um candidato forte. Mas esperamos os retornos dos jogadores, para fortalecer muito", comentou Marcelo Oliveira.

FICHA TÉCNICA
SPORT X ATLÉTICO-MG

Data: 05 de junho de 2016, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Motivo: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PR)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (FIFA/RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho, Gabriel Xavier, Everton Felipe e Diego Souza; Edmílson.
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Tiago, Gabriel e Lucas Cândido; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Júnior Urso e Patric (Carlos Eduardo); Robinho e Carlos.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos