Irritado por expulsão, meia da Ponte quebra porta na Arena. Grêmio faz BO

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Clayson foi expulso no fim do primeiro tempo do duelo entre Grêmio e Ponte Preta. De fora, viu seu time ser derrotado no último minuto de jogo. E ainda pode dar mais um desfalque ao clube. Irritado, o jogador quebrou, com socos e chutes, a porta que dá acesso ao campo da Arena do Grêmio. O Tricolor registrou um Boletim de Ocorrência sobre o caso para cobrar os danos da equipe de Campinas. 

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o delegado Herbert Ferreira confirmou que Clayson quebrou uma porta, irritado por sua expulsão, após acertar uma cotovelada em Edílson no fim do primeiro tempo do jogo da sexta rodada do Brasileiro. A porta entortada por ele liga o vestiário visitante ao campo do estádio gremista. 

Segundo o delegado, o Grêmio registrou ocorrência contra o jogador. O documento serve para comprovar o ocorrido e facilitar a cobrança junto a Ponte Preta pelos danos no local. Isso, contudo, depende do acerto entre as partes. 

Segundo profissionais da Arena, o vestiário visitante encontra-se em perfeito estado. O único local que a raiva de Clayson afetou foi mesmo a porta. Em campo, a Ponte segurou o Grêmio com um homem a mais, igualou o número de atletas com a expulsão de Lincoln no segundo tempo, mas acabou sofrendo o gol no fim, de Luan. 

O time de Campinas é 12º na classificação e soma sete pontos após seis rodadas disputadas. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos