Palmeiras supera gás de pimenta e erro de juiz e vence Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Palmeiras mostrou poder de superação nesse domingo ao vencer o Flamengo por 2 a 1, em Brasília. No intervalo, após briga nas arquibancadas, a polícia usou gás de pimenta, que foi conduzido pelo ar até o campo. Os jogadores chegaram a usar as camisas para amenizar a substância.

Dentro de campo, o Palmeiras teve que superar um erro da arbitragem, que ignorou toque de mão na bola do zagueiro Léo Duarte dentro da área. Minutos depois foi a vez de Cesar Martins repetir a infração do companheiro. Dessa vez o juiz viu, marcou e deixou Jean na posição para estufar as redes e dar a vitória para o Alviverde.

Alan Patrick reencontra Palmeiras e se destaca com golaço de fora da área

Revelado no Santos, Alan Patrick sofreu para se firmar após ser negociado com o Shakhtar Donetsk-UCR. Passou por alguns clubes desde então, entre eles o Palmeiras, adversário deste domingo. O apoiador do Flamengo assumiu a titularidade e tem dado conta do recado. Não foi diferente nesta tarde em Brasília, onde ele foi um dos destaques em campo ao marcar um golaço de fora da área no início do duelo.

Palmeiras aposta em marcação forte, 'ganha' gol e impede Fla de jogar

A proposta do Palmeiras era clara. Fazer uma marcação sob pressão quando o Flamengo tivesse a bola. A tática deu certo e os cariocas tiveram muita dificuldade em tocar a bola. Para melhorar, o Alviverde viu seu gol sair em fruto dessa proposta. César Martins errou na saída de bola e Tchê Tchê serviu Gabriel Jesus para abrir o placar.

Zagueiro questionado já estava fora do Fla. Mas teve que voltar a jogar e teve atuação ruim

César Martins já estava fora do Flamengo. Havia até sido informado que seria devolvido ao Benfica. Porém, com a saída de Wallace e lesão de Juan, o clube teve que recorrer ao atleta. Nos primeiros jogos, o defensor não comprometeu. Neste domingo, porém, ele cruzou uma bola de maneira equivocada e originou o gol do Palmeiras. No segundo tempo, o defensor ainda meteu a mão na bola para impedir o segundo gol de Gabriel Jesus. Pênalti, cartão vermelho e bola na rede, convertido pro Jean.

 

Organizada do Palmeiras persegue rival e cria confusão na arquibancada

No intervalo, alguns membros de organizada do Palmeiras deram a volta pelos corredores do estádio até chegar no local onde estavam os flamenguistas. A polícia interveio com gás de pimenta e evitou pancadaria. O problema é que a substância se espalhou pelo ar e criou tumulto com torcedores e até jogadores.

Reprodução/TV Globo

FLAMENGO 1 X 2 PALMEIRAS

Data/hora: 05/06/2016, às 16h
Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartões amarelo: Mancuello (FLA) Vitor Hugo (PAL)
Cartão vermelho: César Martins (FLA)
Gols: Gabriel Jesus, aos 2min, e Alan Patrick, aos 5min do primeiro tempo; Jean, aos 26min do segundo tempo;

Flamengo
Alex Muralha; Rodinei, Léo Duarte, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Mancuello) e Everton (Cuellar); Fernandinho e Felipe Vizeu (Marcelo Cirino). Técnico: Zé Ricardo

Palmeiras
Fernando Prass; Jean, Vitor Hugo, Thiago Martins e Fabrício; Matheus Sales (Luan), Tchê Tchê e Moisés; Róger Guedes (Cleiton Xavier), Gabriel Jesus e Dudu (Rafael Marques. Técnico: Cuca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos