Corinthians recebe oferta por escrito e venda de Felipe é questão de tempo

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/FPF

Definida verbalmente há alguns dias pelo Corinthians, a venda de Felipe para o Porto-POR já pode ser oficialmente concretizada. O clube português já enviou a oferta por escrito e, dessa maneira, a transferência passa a ser questão de tempo. 

"O Roberto (de Andrade, presidente) recebeu realmente. É tudo tratado diretamente por ele e parece que está tudo bem encaminhado, está tudo em ordem", confirmou o diretor financeiro Emerson Piovesan. 

Os valores referentes à negociação não são abertos pelos clubes envolvidos, mas se aproximam de R$ 30 milhões pela cessão dos direitos federativos, além de 75% de direitos econômicos. Felipe já admitiu em entrevistas que os salários para um acordo de cinco anos já estavam acordados. 

Nas tratativas conduzidas pelo empresário Giuliano Bertolucci, o Porto concordou com aquela que era uma das principais demandas do Corinthians: a manutenção de 25% de direitos econômicos, aproximadamente. Com isso, a direção corintiana vislumbra também uma possibilidade de lucro futuro com Felipe, sobretudo pelo histórico de vendas expressivas realizadas pela equipe portuguesa. 

Dois pontos, porém, fazem com que Felipe siga em atividade pelo Corinthians, mesmo com a transferência prestes a ser sacramentada. A janela de negociações na Europa só se abre em julho e, além disso, Tite sofre com problemas com seus defensores. Balbuena está na Copa América e até mesmo Vílson, nos últimos dias, foi afastado por um edema muscular. Além disso, Yago estava suspenso preventivamente por doping, sendo liberado para voltar a jogar apenas nesta segunda-feira (6). 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos