Corintiano Yago é condenado por doping, mas está livre para pegar Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Punição de 30 dias a Yago já acaba nesta quarta-feira (8)

    Punição de 30 dias a Yago já acaba nesta quarta-feira (8)

O zagueiro Yago, do Corinthians, foi condenado nesta segunda-feira (6) pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) e suspenso por 30 dias por conta do doping contra o Santos, no Campeonato Paulista. Porém, já está liberado para jogar, já que a pena conta a partir do dia 10 de maio, quando ele recebeu suspensão preventiva.

Com isso, o defensor vira opção para Tite já para o clássico contra o Palmeiras, no próximo domingo (12), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Se ele jogar, será sua estreia na competição - o último jogo de Yago foi em 27 de abril, na eliminação do Corinthians na Libertadores para o Nacional-URU.

O relator do processo no TJD, Luiz Roberto, disse que houve negligência do atleta no caso e votou por uma suspensão de seis meses, mas apenas um membro da corte, Leandro Silva, acompanhou seu voto. Os outros dois membros, Samuel de Abreu e Rodnei Jericó, optaram por 30 dias. Como houve empate, prevaleceu a pena mais branda.

O jogador foi pego em exame antidoping feito após duelo contra o Santos, em 6 de março, pelo Paulistão. Foi detectada a substância betametasona, parte de um medicamento anti-inflamatório usado no joelho do atleta.

O Corinthians admitiu o uso da substância, mas argumentou que a aplicação intra-articular, como foi feita em Yago, é permitida pela Wada (Agência Mundial Antidopagem). A agência proíbe apenas as aplicações via oral, intramuscular, intravenosa e retal. Porém, o tribunal não votou pela absolvição, como o clube esperava.

Yago já estava suspenso preventivamente por um mês desde 10 de maio, após o resultado da contraprova também ter dado positivo. A punição, portanto, termina nesta quarta-feira (8).

A liberação do zagueiro representa um grande alívio para Tite, que tem problemas na defesa. Vilson foi poupado do último jogo, enquanto Balbuena está com a seleção paraguaia na Copa América. Se Yago pegasse um gancho maior, Felipe e o garoto Pedro Henrique poderiam ser as únicas opções para o clássico com o Palmeiras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos