Sem procura da cúpula, Leo quer ficar no Cruzeiro, mas não rechaça mudança

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Cruzeiro/Divulgação

    Zagueiro é o terceiro jogador que mais defendeu o clube no atual elenco celeste

    Zagueiro é o terceiro jogador que mais defendeu o clube no atual elenco celeste

Recentemente, o zagueiro Leo escreveu mais um capítulo de sua história nas páginas heroicas imortais do Cruzeiro. Natural de Belo Horizonte, o jogador completou 200 jogos prestados ao clube do coração, marca que somente o goleiro Fábio e o volante Henrique já alcançaram. Mas o feito raro não é garantia de permanência. Com seu contrato vencendo no final deste ano, o defensor ainda não foi procurado pela diretoria e não descarta uma eventual transferência após mais de seis anos de serviços prestados.

"Não houve nenhum tipo de conversa com a diretoria ainda. Nosso interesse é permanecer no Cruzeiro, mas não houve nenhuma conversa. Enquanto isso não acontece, a gente procura outras possibilidades", comentou o zagueiro, em breve contato com o UOL.

Aos 28 anos de idade, Leo só defendeu três clubes como profissional. Revelado no Grêmio, o jogador chamou a atenção do Palmeiras em 2010, e naquele mesmo ano deixaria o clube paulista para fechar com o Cruzeiro. A carreira sólida em Minas Gerais permitiu que o jogador recriasse suas raízes na capital, mas não afastou os sonhos de um dia atuar nos campos do exterior.

"É um sonho de jogar na Europa, sempre que se abre a janela tem rumores e especulações que tem certas possibilidades. Até hoje não se concretizaram, porque creio que Deus está no controle de todas as coisas. Enquanto isso, a gente conquistou títulos. Eu tenho sonho de jogar na Europa, a janela está se abrindo, meu contrato termina em dezembro. Estamos na expectativa de continuar no clube, mas a gente tem que pensar em algumas coisas em prol disso também", acrescentou.

Além de um título gaúcho de 2007, Leo venceu também dois mineiros, de 2011 e 2014, além de dois Brasileiros, em 2013 e 2014 com o Cruzeiro. Nos últimos jogos, foi utilizado como titular, mas atualmente é reserva de Bruno Rodrigo e Bruno Viana no setor defensivo de Paulo Bento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos