80 dias, 3 propostas negadas e polêmica: Alex volta a ser titular do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Alexandre Lops/AI Inter Divulgação

    Alex volta a ser titular do Inter 80 dias depois e tenta recomeço após polêmica

    Alex volta a ser titular do Inter 80 dias depois e tenta recomeço após polêmica

Alex volta a ser titular do Internacional neste sábado (11). Após 80 dias fora do time principal, o meia de 34 anos recuperou posto com o desempenho de campo, na opinião do técnico Argel Fucks. Enquanto esteve fora, rejeitou três propostas, viveu uma polêmica com o treinador, mas agora quer provar que merece sequência. 

Diante do América-MG, pela sétima rodada do nacional, a partir das 16h (horário de Brasília), Alex fará sua 18ª partida na temporada. Apenas a quarta como titular. A última havia sido diante do Fluminense, na semifinal da Primeira Liga, em 23 de março. Nas outras 13 vezes, apenas entrou durante o jogo. Ainda busca o primeiro gol no ano. 
 
A campanha longe do protagonismo contrasta com a expectativa que Alex fosse a principal figura colorada com a negociação de D'Alessandro. O próprio técnico Argel Fucks elegeu ele como substituto natural. No entanto acabou mudando de planos em pouco tempo. 
 
A saída de Alex da equipe gerou desconforto. O jogador passou a treinar sempre entre os reservas, andou até sobrando do banco nas finais do Gauchão e neste período de ostracismo recebeu três propostas para sair do clube. Rejeitou todas. 
 
A primeira do Botafogo, a segunda do Atlético-MG e em seguida o Sport tentaram levar Alex. O Inter não iria se opor caso fosse a vontade do atleta. Mas não era. O Colorado chegou a oferecer ele em troca de Michel Bastos, mas o São Paulo não mostrou interesse. 
 
A recuperação em campo a partir da negativa em buscar outro destino começou no Brasileiro. Mas logo na primeira oportunidade, Alex foi expulso. Contra o São Paulo, discutiu com árbitro e levou vermelho. Em seguida, viu Argel Fucks o cobrar publicamente em entrevista coletiva. Não gostou e viveu uma semana polêmica. 
 
Postou uma imagem nas redes sociais com dizeres: "Elogie em público e corrija em particular. Um sábio orienta sem ofender e ensina sem humilhar", dizia com legenda "para bom entendedor, meia palavra basta". Uma indireta ao técnico, mesmo negada por ele. Argel não deu novos capítulos ao caso e abriu espaço para uma trégua. Que acabou acontecendo. 
 
"Dentro de um campeonato tão longo não se tem 11 titular, mas um grupo. Nosso objetivo é sempre o melhor. O Alex foi bem contra o São Paulo, bem contra o Santos, bem contra o Vitória, trabalhou, jogou bola, como qualquer outro, terá a oportunidade de começar a partida. O Andrigo foi muito bem no Gauchão, fez alguns jogos bons no Brasileiro, mas tenho que ser justo. Tanto com um quanto com outro. Se o Andrigo estava melhor e jogou, agora tenho que ser justo com o Alex, que está melhor. Terá oportunidade de começar a partida e jogar futebol. Será a performance dele que irá manter ou não no time. E isso serve para todos", disse Argel nesta sexta após confirmar o meia no time. 
 
Seis vezes campeão gaúcho, campeão da Libertadores, do Mundial, da Recopa e da Sul-Americana pelo Colorado, o recomeço se apresenta ao meia, que ainda tem contrato até julho do ano que vem. 
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X AMÉRICA-MG
Data e hora: 11/06/2016 (Sábado), às 16h (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Alan Costa, Ernando e Arthur; Fernando Bob, Fabinho, Alex, Gustavo Ferrareis e Vitinho; Aylon.
Técnico: Argel Fucks
AMÉRICA-MG: João Ricardo; Hélder, Arthur, Adalberto e Danilo Barcelos; Juninho, Leandro Guerreiro, Ernandes e Eduardo; Borges e Osman.
Técnico: Sérgio Vieira
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos