Alex valoriza início arrasador e "poder de sofrimento" do Inter

Do UOL, em Porto Alegre

Alex voltar a ser titular do Internacional após 80 dias e saiu satisfeito de campo. Contente pela atuação, pelo resultado e por dois fragmentos do jogo contra o América-MG, neste sábado (11): o começo fulminante, que rendeu dois gols em cinco minutos, e aquilo que o meia chamou de 'poder de sofrimento'.

"A gente está criando uma situação dentro do Inter em que começamos num ritmo, mesmo com o adversário superior, forte. E com poder de sofrimento interessante, todo mundo se dedicando", disse Alex.

O termo do meia certamente tem ligação com o futebol mostrado depois dos dois gols de Aylon. Em vantagem, o Inter não conseguiu controlar a partida e assistiu a uma pressão do América-MG em pleno Beira-Rio.

O mérito do Colorado foi ter vazado somente uma vez e ainda conseguir manter a concentração diante de erros coletivos e atuações individuais que oscilaram. A eficácia foi complementada no segundo tempo, com o gol de Ernando – após falta do lado da área.

"Nos 10 minutos encurralamos o time deles, fizemos os gols. E aí eles equilibraram, tivemos tranquilidade de marcar bem e na bola parada decidir, dar tranquilidade", disse Ernando. "Dentro de casa temos de nos impor mesmo, se quisermos o título é assim. Em casa temos de vencer. Começamos bem, mas demos uma relaxada que não pode acontecer. Serve de alerta", completou o goleiro Danilo Fernandes.

Com o resultado, o Inter chega aos 16 pontos. Na próxima rodada, o time recebe o Atlético-MG, no Beira-Rio. A partida, válida pela oitava rodada do Brasileirão, está marcara para quinta-feira, às 19h30 (Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos