Levir admite erro de arbitragem a favor do Flu: "Poderia ter dado pênalti"

Do UOL, em São Paulo

O empate por 1 a 1 entre Fluminense e Grêmio, neste sábado, foi marcado por polêmicas de arbitragem. Teve expulsão por reclamação, agressão e pedido de pênalti por parte dos gremistas. Com sinceridade, o técnico Levir Culpi admite ter visto toque de mão do zagueiro Henrique dentro da área do tricolor carioca.

"Com base na nova regra, o árbitro poderia ter dado pênalti. Foi visível que ele [Henrique] não teve a intenção de colocar a mão, mas eu também vi a bola batendo na mão do nosso jogador. Então podemos considerar como erro de arbitragem", explica o treinador, reconhecendo que o lance acabou beneficiando o Fluminense.

A polêmica aconteceu na metade do primeiro tempo. Edílson arriscou chute de longe, e a bola bateu no braço direito de Henrique, dentro da área. Os gremistas reclamaram muito com o árbitro Andre Luiz Freitas de Castro (GO), que mandou a partida seguir.

Pouco depois que o Grêmio abriu o placar, já quando estava com um homem a menos em campo. O Fluminense insistiu durante todo o segundo tempo para arrancar o empate, por isso Levir valoriza o resultado.

"Ficamos muito próximos da vitória, o time forçou, tentou muito. Até mereceríamos a vitória se acontecesse, mas ela não aconteceu", afirma, cobrando melhores finalizações. "Não lamento muito não quando o time se porta desta maneira e toma conta, mas faltou um pouquinho de tranquilidade na hora de definir no gol", finaliza.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos