Após tropeçar no 1º jogo pós-Fred, Levir defende "aposta nos meninos"

Do UOL, em São Paulo

Por oito anos a camisa 9 do Fluminense teve dono certo, mas já não é mais assim. A saída de Fred nesta semana não só cria uma vaga na escalação tricolor, mas também abre espaço para novas referências. Responsável por adaptar o elenco à vida sem Fred, o técnico Levir Culpi aponta os jovens como alternativa.

"O Fred tinha o monopólio da marcação, ainda joga com alta qualidade e preocupa o sistema defensivo adversário. Agora nós temos jogadores jovens como Richarlison, Marcos Junior, Scarpa, que terão que encontrar seu espaço", contrapõe o treinador.

Levir espera que "os meninos" assumam a responsabilidade para impor presença em campo. "Eles terão que ganhar respeito [dos marcadores] agora. Temos que apostar nesses meninos, e eles têm que responder também", afirma.

A alternativa simples parece ser Richarlison, atacante que herdou vaga no comando de ataque no último sábado. Ele foi participativo no empate por 1 a 1 com o Grêmio, mas passou em branco. O Fluminense pretende dar confiança aos poucos ao jogador de 19 anos, por isso Levir Culpi reprova comparações.

"Ele tem condições, sim, mas não tem nada a ver com o Fred. O Richarlison tem mais velocidade, é agudo e vai para cima, não tem medo", elogia o técnico. "Ele lembra o Fred que começou comigo no Cruzeiro, sempre está muito perto do gol. É um diamante a ser lapidado, mas tem características muito diferentes das do Fred", contrapõe.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos