Bauza diz "ficar feliz" com irritação de Centurión e nega ida ao Paraguai

Do UOL, em São Paulo

O técnico Edgardo Bauza minimizou a irritação de Centurión ao ser substituído na vitória por 2 a 0 sobre o Vitória. Ao dar lugar a Michel Bastos, o argentino reclamou bastante e chegou a dar um soco no banco do vestiário.

"Me encanta que saia bravo. Não gosto que saia contente. Mas não falei com ele, não é hora. Amanhã falo com ele. Não tenho nenhum problema que ele saia bravo. Eu gosto", afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Falando sobre a partida, Bauza disse ter sentido que o São Paulo foi melhor que o Vitória no duelo e, por isso, era merecedor dos três pontos. "Ganhou porque foi melhor do que o rival. O primeiro tempo foi muito difícil, a posse de bola estava dividida, a equipe adversária pressionou a saída de bola e nos causou muitos problemas. No segundo tempo, conseguimos adiantar, e acredito que a equipe justificou a vitória. As entradas de Ganso e Michel ajudaram. Jogamos mais do que o rival, por isso ganhamos".

Durante a semana, a imprensa paraguaia noticiou um possível interesse do Paraguai em contratar o técnico do São Paulo para substituir Ramon Díaz, que deixou a seleção após a Copa América. "Meu agente me chamou para comentar isso, e eu falei: 'tenho um contrato com o São Paulo, até que termine não vou tomar nenhuma decisão'. Tenho contrato até o final do ano e sempre respeitei isso em toda a minha vida. A não ser que a outra parte esteja insatisfeita", explicou.

Com a vitória, o São Paulo assume provisoriamente a quinta colocação com 13 pontos, mesmo número do Corinthians, primeiro time na zona de classificação para a Libertadores, que ainda joga na rodada.

Na próxima rodada, o São Paulo viaja para enfrentar o Flamengo, no domingo (19), em Brasília.

 

Confira outras declarações de Bauza na coletiva:

PLANEJAMENTO PARA LIBERTADORES

"Não posso ser contundente com a resposta. Há jogadores que estão saindo do departamento médico, Ganso estava sem ritmo. Os jogadores que estão lesionados, como Mena, vamos tratar de ter o quanto antes. Depois, dias antes da partida da Libertadores, vou analisar bem e tomar uma decisão. Mas ainda falta muito para isso, estamos com azar nas lesões".

RODÍZIO ATÉ O INÍCIO DA SEMIFINAL?

"Em todas as partidas jogam os que estão em melhores condições. Falta muito para o jogo contra o Atletico Nacional. Hoje, eu não posso dizer algo sobre isso. Há jogador que está no departamento médico e não pode treinar. Essa é uma situação que vamos viver nos próximos dias e terei que tomar uma decisão".

LESÃO DE LUCAS FERNANDES

"A lesão do Lucas é lamentável, mas isso não interfere na busca por jogadores. A diretoria está trabalhando em contratações, mas não é pensando só na Libertadores, mas pensando no ano todo".

REFORÇOS PARA A LIBERTADORES

"Estamos em uma situação complicada. Com Maicon, estamos tentando negociar a possibilidade de ficar. Já Calleri, tudo indica que deve seguir sua carreira na Europa após a Libertadores. São as duas posições que estamos em alerta".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos