Roger vê Tite em 'outro nível' e não acredita em queda do Corinthians

Do UOL, em Porto Alegre

Amigo e conselheiro. Assim que o técnico Roger Machado definiu Tite, que assume a seleção brasileira. Feliz pelo crescimento do companheiro, o gremista disse que não acredita em queda do Corinthians. 

"Com relação a ida dele para a seleção, é um treinador que está em outro nível há muito tempo e não é de agora que todos acreditam que ele deveria assumir a seleção. Fico feliz porque além de ter sido comandado por ele, posso considerar um amigo e conselheiro. Desejo sorte a ele", disse o técnico do Grêmio após o empate em 3 a 3 com a Chapecoense. 
 
Roger nunca escondeu que começou sua carreira de técnico por influência de Tite. Com um antigo disquete, o ex-corintiano fez o então lateral esquerdo despertar o interesse na profissão que segue atualmente. 
 
Sobre a influência da saída de Tite no desempenho do Corinthians, Roger foi evasivo. Segundo ele, o trabalho já realizado está marcado no elenco e não haverá queda de rendimento. 
 
"Sobre o andamento do campeonato, só o tempo vai dizer. A marca do Tite está interiorizada nos jogadores do Corinthians e quando se tem um trabalho de longo prazo e estrutura assim, é difícil de se alterar. O Corinthians vai se manter em alto nível", explicou. 
 
Tite assume a seleção brasileira no lugar de Dunga, demitido após a eliminação na Copa América dos Estados Unidos com a derrota por 1 a 0 para o Peru. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos