Auxiliar que treina a defesa corintiana para Tite vive desafio contra o Flu

Bernardo Gentile e Dassler Marques

Do UOL, no Rio de Janeiro em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Fábio Carille tem atenção especial com a defesa e terá missão 'impossível' no Corinthians

    Fábio Carille tem atenção especial com a defesa e terá missão 'impossível' no Corinthians

O Corinthians trabalha com pressa para achar um substituto para Tite, agora treinador da seleção brasileira. Em meio a isso, tem um interino em quem confia com segurança: Fábio Carille, auxiliar técnico desde 2010, terá a missão de comandar o time corintiano nesta quinta-feira, em Brasília, contra o Fluminense, no Estádio Mané Garrincha. 

Indicado por Mano Menezes e 'criado' por ele e Tite no Corinthians, Carille tem na arrumação do sistema defensivo uma especialidade. É sobre ele que recai a responsabilidade de trabalhar o posicionamento de laterais e zagueiros corintianos, um dos referenciais táticos da equipe nos últimos anos.

Incumbido de dirigir o Corinthians em 2010, Carille conseguiu estancar uma crise de resultados que o time atravessava com Adílson Batista ao segurar um empate sem gols contra o Guarani. Na partida seguinte, e que precedeu a chegada de Tite, perdeu para o Vasco por 2 a 0.

Fábio, que participou da trajetória de sucesso do Grêmio Barueri na década passada, é considerado um estudioso e tem méritos destacados como um dos escudeiros de Tite. Entre eles também está a interação do trabalho de análise de desempenho com os jogadores. Esse aprimoramento individual de cada atleta, com base em vídeos, foi uma das ideias que o agora treinador da seleção 'importou' do Arsenal em 2015.

Em Brasília, Carille irá manter a essência do trabalho de Tite em campo. O treinador se despediu do Corinthians na atividade de quarta-feira e deixou a equipe escalada para encarar o Fluminense com Elias no meio-campo e seu interino no banco de reservas. É possível que Fábio se mantenha na posição até domingo, diante do Botafogo, dado o pouco tempo para se encontrar um substituto.

Por mais que o Corinthians confie no auxiliar, o Fluminense quer se aproveitar desse momento de transição para conquistar três pontos, em Brasília. O técnico Levir Culpi, porém, não sabe o que esperar dos paulistas nesta quinta-feira.

"Pode abalar. Pode motivar. Mas acho que acontece de tudo com os times brasileiros. Somos movidos a isso. A parte emocional afeta muito. Os jogadores brasileiros, emocionalmente, são mais desequilibrados do que europeus ou asiáticos. Mas me incluo nessa: era jogador e sou técnico. Somos mais emotivos do que outros povos. As notícias podem jogar o time para cima ou para baixo. Espero qualquer coisa", disse o treinador do Fluminense.

Para o jogo, o técnico irá realizar uma mudança na equipe titular. Marcos Júnior, autor do gol de empate com o Grêmio, receberá uma oportunidade na vaga de Maranhão. Pierre, que treinou normalmente, será poupado para não pular etapas e voltar a ter problemas físicos.

FLUMINENSE X CORINTHIANS

Data e hora: 16/06/2016, nesta quinta-feira, às 20h (horário de Brasília)
Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

Fluminense
Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Edson, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Junior e Richarlison. Técnico: Levir Culpi

Corinthians
Walter; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Elias; Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Luciano. Técnico: Fábio Carille (interino)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos