Cuca culpa sinalizadores e parada por empate do Coritiba no fim

Do UOL, em São Paulo

Foram seis minutos de paralisação, o suficiente para o Coritiba se reorganizar e buscar um improvável empate com o Palmeiras (2 a 2), na noite desta quarta-feira, no Couto Pereira. Cuca não escondeu a frustração pelos sinalizadores acendidos pelos torcedores palmeirenses, os quais resultaram na interrupção do duelo por parte do árbitro Anderson Daronco (ouça também a avaliação de Mauro Beting sobre os sinalizadores; clique aqui).

Em entrevista concedida depois da partida, o treinador palmeirense criticou o comportamento dos torcedores e atribuiu o tropeço ao momento de paralisação, que esfriou a equipe e permitiu a 'blitz' final da equipe coxa-branca nos minutos finais.

"O jogo estava na mão do Palmeiras e essa parada foi crucial para que o Coritiba empatasse o jogo. Tem um sabor enorme de derrota pelo que jogamos e porque este sinalizador atrapalhou de forma direta no resultado", declarou Cuca após o empate.

"Como ele entra no estádio se é proibido? Esse sinalizador não oferece perigo como aquele; este é apenas uma luz. Tinham três, quatro luzes, mas aí é parado o jogo e enfim, fazer o quê?, acrescentou o treinador.

A frustração do técnico era evidente. A vitória, que seria a quarta consecutiva, se encontrava na mão do Palmeiras.

"O pior é perder dois pontos importante, mas arrisca-se perder pontos depois. Estamos jogando contra nós, temos que repensar algumas coisas para ficarmos mais fortes", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos