Fábio cobra da diretoria e vê atraso para chegada de reforços no Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Goleiro fez ótimas defesas no Mineirão, mas não conseguiu evitar a derrota celeste

    Goleiro fez ótimas defesas no Mineirão, mas não conseguiu evitar a derrota celeste

Na última quarta-feira, o torcedor que compareceu ao Mineirão deixou o estádio insatisfeito com o desempenho do Cruzeiro. Pela quarta ocasião, a equipe mineira não conseguiu um triunfo dentro de casa, foi derrotada para o Flamengo e saiu vaiada. Mas dessa vez o coro da torcida foi reforçado por ninguém menos que o goleiro Fábio. Há mais de dez anos na equipe, o capitão e ídolo engrossou o pedido de reforços e cobrou a diretoria pela falta de reforços e atraso para anunciar novos jogadores.

"A gente está sempre conversando, precisamos de jogadores que vão agregar qualidade no grupo que sabemos que em condição de disputar algo melhor. Se for como os diretores e o presidente falaram, que vão contratar, já esperava que estivessem aqui no plantel. Mesmo não podendo atuar, estariam treinando. Com certeza iriam nos ajudar o mais rápido possível. Mas tem que ver a situação interna entre diretoria, presidente, treinador. Não sei o que eles conversam. Estou falando da minha parte. Sempre que tenho a oportunidade converso com a diretoria em termos de agregar qualidade", comentou o goleiro, ainda no Mineirão.

Depois de dois títulos brasileiros, o Cruzeiro coleciona rendimentos instáveis no Brasileirão. No ano passado, a ameaça de rebaixamento só foi afastada com a chegada de Mano Menezes, no segundo semestre. Já na atual temporada, o ano não começou nada bem com a queda precoce no Campeonato Mineiro e a demissão de Deivid. Com o português Paulo Bento, o objetivo de Libertadores já foi trocado pela necessidade urgente de deixar as últimas posições. Das oito primeiras rodadas já jogadas, em cinco delas o Cruzeiro esteve nas quatro piores posições da tabela.

"Isso não é o que queremos, para que não chegue a esse ponto de cair, porque não é o Cruzeiro merece, nem o nosso torcedor. A gente está visando, cobrando dentro de campo, se dedicando para vencer. Infelizmente em casa não conseguimos vencer e aí fica pesado, porque é fundamental para você fazer uma boa campanha, as vitórias em casa, que vão alavancar um bom aproveitamento e aí chama o torcedor", acrescentou.

Apesar das duas vitórias já conquistadas fora de casa, incluindo o clássico mineiro contra o rival Atlético-MG, o próximo compromisso fora de Belo Horizonte não será nada fácil. No domingo, o clube celeste visita a Arena do Grêmio para tentar superar o tricolor gaúcho. No dia seguinte, a janela internacional de transferências será aberta para jogadores que chegam de fora do país. No entanto, apesar de sondagens e do interesse por Rafael Sóbis, Maicon e Maxwell, a diretoria do clube mineiro ainda não confirmou nenhum reforço para o restante do ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos