Cuca exalta Palmeiras "leve", mas reconhece problemas no sistema defensivo

José Edgar de Matos

do UOL, em São Paulo

Apesar de vencer com autoridade o Santa Cruz neste sábado, o Palmeiras voltou a apresentar alguns problemas defensivos e causou um incômodo ao técnico Cuca. O treinador alviverde até elogiou a postura ofensiva da equipe alviverde, que não jogou com um volante fixo e ficou mais "leve" do meio para frente, mas reconheceu alguns erros na defesa na etapa final e prometeu trabalhar nos treinamentos para que eles não voltem a acontecer.

"Saio mais feliz do que triste hoje, óbvio. Prefiro ganhar de 4 a 3 do que de 1 a 0. Hoje, por exemplo, tivemos 23 chances de gol, é muita coisa. As alterações deixaram o time leve, com muita posse de bola, toques, movimentação e paciência para jogar. No primeiro tempo, ficamos com a bola no primeiro tempo mais de 60% e era um toque de bola no campo ofensivo", disse Cuca.

Mesmo com um placar tranquilo, o Palmeiras sofreu alguns sustos na etapa final e Fernando Prass, mais uma vez, foi decisivo de baixo das traves. Apesar de levar um gol, em posição irregular, de Grafite, o goleiro alviverde foi fundamental em outros dois lances. Cuca reconheceu os problemas e prometeu trabalhar para evitar que isso seja repetido.

 "Tenho que trabalhar mais a zaga. Já olhei os lances no vestiário, vi o que erramos. Agora precisamos trabalhar bem para que a gente possa melhorar. O gol que tomamos era uma situação de impedimento, mas não tem como ver, não tem nem o que questionar sobre isso. O Prass foi bem nos lances, mas temos que trabalhar para isso não acontecer mais", completou.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos