Novo gol de bola parada preocupa Dorival Júnior: "tem nos tirado o sono"

Do UOL, em São Paulo

Assim como na derrota para o Internacional, o Santos voltou a sofrer com a bola parada na noite deste sábado. Aos 43min do segundo tempo, viu Paulo André aproveitar escanteio, subir mais que a zaga e garantir a vitória de 1 a 0 do Atlético-PR na Arena da Baixada. O lance do gol acendeu o alerta em Dorival Júnior, que não gostou da forma com que a equipe foi derrotada.

"Um cabeceio definiu a sorte da partida. Isso aí tem nos tirado o sono, a bola parada tem nos tirado pontos importantes na nossa campanha. Diferente da bola em jogo, que não nos traz problemas", disse o técnico Dorival Júnior, que gostou da atuação do time na Arena.

"Tivemos 67& de posse de bola. Nós criamos, buscamos o gol adversário. Fizemos o jogo de uma maneira correta, mas infelizmente não conseguimos o resultado por causa de uma postura em uma bola parada", acrescentou o treinador santista, que ainda falou sobre o que fazer para corrigir esses erros.

"Treinar, trabalhar, porque eventualmente, uma jogada ou outra, tudo bem, mas estamos tendo esse problema e isso aí vem realmente preocupando. Com a bola no chão, dificilmente há uma penetração na nossa área", completou.

A defesa do Santos não perdia (e sofria gols) há três rodadas. Havia levado seu último gol em 1º de junho, quando perdeu por 1 a 0 para o Corinthians, na Arena Corinthians.

Estacionado nos 13 pontos, o Santos – que perderá a posição no G-4 neste domingo – volta a campo na quarta-feira, quando visita o Fluminense no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), às 21h45.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos