Palmeiras defende invencibilidade de quase 40 anos contra o Santa Cruz

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Diego Salgado/UOL Esporte

    Allianz Parque receberá o duelo entre Palmeiras x Santa Cruz

    Allianz Parque receberá o duelo entre Palmeiras x Santa Cruz

Para comemorar o 50º jogo no Allianz Parque, o Palmeiras encontrará um adversário no qual historicamente possui grande vantagem. A partir das 16h (de Brasília) deste sábado, a equipe alviverde recebe o Santa Cruz, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca da manutenção da disputa pelas primeiras colocações na tabela.

Fora a campanha sólida deste início de Série A, o Palmeiras carrega para si a vantagem dos números. São quase 40 anos de invencibilidade diante do rival pernambucano na capital paulista – a última vitória do Santa Cruz (3 a 1) ocorreu em fevereiro de 1978, no Pacaembu, pelo Brasileiro de 1977.

Pela primeira vez em dez anos, as duas equipes se enfrentam pelo principal torneio nacional, e o Palmeiras leva larga vantagem, especialmente quando atua na capital paulista. Foram sete jogos como mandante na história do Brasileirão, com cinco triunfos e duas derrotas do clube alviverde.

Se os números do passado expressam a larga vantagem palmeirense, os da atualidade ratificam a diferença entre as duas equipes. Enquanto o Palmeiras ocupa a vice-liderança da Série A com 16 pontos, o Santa Cruz é o décimo colocado com 10 pontos – chega embalado pela primeira vitória após quatro jogos de jejum.

Esta diferença, no entanto, não entra em campo, e Cuca sabe disso. Depois de encarar cinco grandes adversários (Fluminense, São Paulo, Grêmio, Flamengo e Corinthians) e empatar fora de casa contra o Coritiba, o treinador cobrou concentração do elenco para confirmar o favoritismo neste sábado.

"Se você pensar que a vida ficou mais fácil agora tem o Santa Cruz e depois o América-MG, você está enganado. Será um jogo duro. Sabemos que temos que ralar muito dentro de campo, com dedicação, concentração e esforço", discursou o técnico palmeirense.

Para a partida deste sábado, Cuca mantém dúvidas na escalação titular. Tudo dependerá do departamento de fisiologia e médico do Palmeiras, que passarão um relatório para divulgar quais atletas possuem melhores condições físicas para encarar o duelo deste sábado.

Antes mesmo de definir a escalação, Cuca soube que não poderá contar com Lucas Barrios, fora da lista dos relacionados por questões físicas. Egídio e Dudu, por outro lado, voltam a figurar como opções de jogo para o Palmeiras – o primeiro, por exemplo, se encontrava sem condições de atuar desde a terceira rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos