Sob olhares de Cristóvão, Corinthians supera Botafogo e vence 1ª sem Tite

Luiza Oliveira

do UOL, em São Paulo

No dia em que anunciou o substituto de Tite, o Corinthians voltou a vencer. Neste domingo, sob olhares do escolhido Cristóvão Borges, o clube de Parque São Jorge deu alguns sustos na torcida no primeiro tempo, mas acordou na etapa final e se reabilitou no Campeonato Brasileiro. Depois de derrotas para Palmeiras e Fluminense, a equipe venceu o Botafogo por 3 a 1 e voltou ao G-4 da competição.

Com a vitória, o Corinthians chega aos 16 pontos, aproveita o tropeço dos rivais diretos e assume a terceira posição, atrás apenas de Palmeiras e Internacional, ambos com 19. Já o Botafogo volta para a zona de rebaixamento: são apenas oito pontos somados, no 17º lugar, com duas vitórias, dois empates e cinco derrotas.

Na próxima rodada, o Corinthians visita o Atlético-MG, quarta-feira (22), às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. Já o Botafogo recebe o Figueirense, no mesmo dia, mas às 21h, no Estádio Municipal de Juiz de Fora.

Quem foi bem: Marquinhos Gabriel, fundamental

Apesar de um primeiro tempo apagado, Marquinhos Gabriel cresceu de produção na etapa final e, diferente do jogo contra o Fluminense, quando desperdiçou claras chances de gol, foi decisivo neste domingo. Com boa movimentação, o meia-atacante deu opções no sistema ofensivo e marcou um belo gol em uma jogada individual. Aos 7min, ele recebeu pela direita, invadiu a área e bateu colocado, sem chance para Sidão.

Quem foi mal: Cássio, falhou no gol

Robson Ventura/Folhapress
Cássio falhou gol marcado por Leandrinho

Titular por conta da lesão de Walter, Cássio não conseguiu aproveitar a oportunidade. Não foi muito acionado na etapa inicial, mas quando precisou trabalhar, falhou. Aos 27min do primeiro tempo, Leandrinho recebeu pela direita e, quase sem ângulo, arriscou um finalização forte, em cima do goleiro, que aceitou. Na saída para o intervalo, o camisa 12 admitiu a falha no lance. No intervalo, ele ainda acabou passando mal e foi substituído pelo jovem Caíque França, 21 anos, quarto goleiro, que fez sua estreia pelo Corinthians.

Bruno Henrique, que pontaria!

 

 

Apesar de não viver um bom momento, Bruno Henrique deu a volta por cima neste domingo. Com dois gols, sendo o primeiro um golaço, ele voltou a marcar e foi fundamental para a vitória deste domingo. No primeiro, aos 24min, recebeu de Fágner na altura da meia-lua e, com um chute colocado, fez os torcedores explodirem nas arquibancadas da Arena. Já no final, aos 43, completou para o gol após um desvio de cabeça de Balbuena.

Interino sofre com desfalques

Fábio Carille, técnico interino do Corinthians, não teve Walter, com estiramento no músculo adutor da coxa direita, o volante Elias, com fratura na costela, além dos experientes Danilo e Cristian, com problemas musculares, além de Yago, expulso contra o Fluminense. De última hora, o treinador também perdeu Giovanni Augusto, com um desconforto na coxa. Os substitutos escolhidos foram: Cássio, Pedro Henrique, Rodriguinho e Lucca.

Botafogo se perde no 2º tempo

Apesar de terminar empatado por 1 a 1, o Botafogo foi muito superior na etapa inicial, acertou a trave e teve a chance de marcar pelo menos mais dois gols no Corinthians. Na etapa final, no entanto, a equipe se perdeu. Ricardo Gomes até tentou mudar o cenário do jogo com as entradas de Ribamar e Victor Luis, mas os donos da casa foram melhores e controlaram toda parte final da partida.

Obrigado, Tite

Danilo Verpa/Folhapress

Antes de a bola rolar, Tite recebeu uma homenagem do Corinthians. Ele foi ovacionado ao pisar no gramado, ganhou uma placa comemorativa e, em meio aos gritos de "olê, olê, olê, olê, Tite, Tite", agradeceu. "Nós, juntos, temos seis títulos. Perdemos também, é claro, mas vou levar um título, eu a minha família, a gratidão e o carinho de vocês. De coração, muito obrigado", declarou emocionado. Tite, no entanto, não ficou até o final nas arquibancadas, já que deixou o estádio aos 25min da etapa final.

Seja bem-vindo, Cristóvão

Robson Ventura/Folhapress
Cristóvão Borges acompanha partida dos camarotes da Arena Corinthians

Depois de ser anunciado como novo técnico do Corinthians, o técnico Cristóvão Borges foi apresentado aos jogadores no CT Joaquim Grava na manhã deste domingo e marcou presença na arena localizada em Itaquera para acompanhar a partida contra o Botafogo.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 X 1 BOTAFOGO
 
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 19 de junho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)
Cartão amarelo: Fernandes e Victor Luis (Botafogo)
Público pagante: 34.747
Renda: R$ 2.023.396,50
Gol: Bruno Henrique, aos 24, e Leandrinho, aos 27min do 1º tempo; Marquinhos Gabriel, aos 7min, e Bruno Henrique, aos 43min, do 2º tempo.
 
CORINTHIANS: Cássio (Caíque França); Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Guilherme (André) e Marquinhos Gabriel; Romero e Lucca.
Técnico: Fábio Carille.
 
BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva, Diogo Barbosa; Bruno Silva, Gervasio Nuñez (Victor Luis), Fernandes e Leandrinho; Neilton e Sassá (Ribamar)
Técnico: Ricardo Gomes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos