'Fantasma' da bola aérea volta a assustar o Grêmio. Cruzeiro será teste

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Bola aérea defensiva tem prejudicado muito o Grêmio na atual temporada

    Bola aérea defensiva tem prejudicado muito o Grêmio na atual temporada

O Grêmio reviveu, na última quarta-feira, o principal problema desta temporada: a bola aérea defensiva. O 'fantasma' que voltou a assustar com os dois gols sofridos diante da Chapecoense ronda o time desde a abertura de 2016. Dos 39 gols sofridos no ano, 20 nasceram de jogadas deste tipo. Ou seja, mais de 50%. Contra o Cruzeiro neste domingo (19) às 19h (horário de Brasília), na Arena, um novo teste será feito. 
 
O problema é o mesmo seja com Pedro Geromel e Kadu, Bressan, Fred e agora com Wallace Reis. Cruzamentos na área, sejam com bola rolando, em faltas ou escanteios, acabam invariavelmente em lances perigosos. Eventualmente em gols. 
 
A incapacidade de afastar cruzamentos já foi responsável, por exemplo, pelas eliminações no Gauchão - diante do Juventude dois gols de bola aérea ocorreram - e na Libertadores - contra o Rosario Central ocasionaram mais três gols desta forma. 
 
"Ano passado a gente enchia bem a área, sem colocar bloqueios. No começo desse ano passamos a ter problemas, principalmente no começo da Libertadores, e aí optamos por esvaziar a área. Ter três jogadores na frente para bloquear e fazer o Marcelo [Grohe, goleiro] ser mais atuante na saída. Alteramos o posicionamento de alguns jogadores, mais capacitados para algumas funções, e todas surtiram efeito logo no início. Depois sofremos de novo. Agora vamos procurar de novo. O que eu preciso é de extrema concentração e definição de jogada. Ali os jogadores precisam ser proativos e não reativos. Mas isso vai passar, vamos encontrar equilíbrio", explicou o técnico Roger Machado. 
 
Desta vez, a defesa sofrerá duas alterações. Edílson, suspenso, dá lugar a Ramiro. E Marcelo Oliveira deve voltar à esquerda na vaga de Marcelo Hermes. Contudo, independente do quarteto final, os problemas têm se repetido. 
 
Nas duas últimas atividades antes do confronto com o Cruzeiro, Roger mudou o posicionamento dos zagueiros e deu atenção especial para a saída do gol de Marcelo Grohe. Sendo assim, testará nova postura diante dos mineiros. O comandante quer os jogadores atacando mais a bola e esquecendo-se da movimentação rival. Buscando o ponto mais alto para afastar antes da chegada dos oponentes, seja de onde vierem. 

Adversário ameaçado

A campanha do Cruzeiro está longe do esperado. Com apenas 38% de aproveitamento, o técnico Paulo Bento não se diz ameaçado, mas sabe que um resultado negativo pode custar seu cargo. O time mineiro ocupa a 17ª posição na classificação com 8 pontos. 
 
Ficha técnica
Grêmio x Cruzeiro
 
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de junho de 2016 (domingo)
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/Fifa) e Alex Ang Ribeiro (SP)
 
Grêmio
Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Wallace e Marcelo Oliveira (Marcelo Hermes); Walace, Maicon, Giuliano, Douglas e Everton; Luan.
Técnico: Roger Machado.
 
Cruzeiro
Fábio; Lucas, Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Bryan; Lucas Romero, Henrique e Alisson; Giorgian De Arrascaeta, Willian e Duvier Riascos.
Técnico: Paulo Bento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos