R. Gomes se recusa a falar em "tirar leite de pedra" e aguarda experientes

Do UOL, em São Paulo

A derrota para o Corinthians no domingo recolocou o Botafogo na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time tem apenas oito pontos e só não está na lanterna porque América-MG e Cruzeiro têm saldo de gols pior. O técnico Ricardo Gomes reconhece que há um longo caminho a ser percorrido para evitar uma volta à segunda divisão, mas se recusou a dizer que vai precisar "tirar leite de pedra". 

"Eu não gosto dessa expressão", declarou o treinador ao ouvi-la na entrevista coletiva que concedeu após a derrota para o Corinthians.

"Tenho bons jogadores, mas que são jovens. Pega o investimento do Corinthians e do Botafogo e compara. Mas vocês conhecem o futebol. A torcida não quer saber se teve investimento ou não. Ela quer o Botafogo vencedor. Agora temos de assimilar essa pressão e bola para frente, melhorar no próximo jogo. No fim de semana já teremos dois jogadores mais experientes. Você não faz futebol só com jovens ou só experientes, é uma mescla", completou. 

Dos 11 jogadores que entraram em campo como titulares do Botafogo neste jogo diante do Corinthians, cinco têm 23 anos ou menos: Diogo Goiano, Fernandes, Sassá, Neílton e Leandrinho, que foi o autor do gol da equipe na derrota por 3 a 1. 

Os jogadores mais experientes que o comandante botafoguense citou estão prestes a se juntar ao resto da equipe. O meia Camilo, de 30 anos e que defendeu a Chapecoense no Brasileiro do ano passado, terá condições de jogo já na quarta-feira, diante do Figueirense.

Já o atacante Rodrigo Pimpão, de 28 anos, deve estrear na rodada seguinte, contra o Internacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos