Sem chances com Dunga, Marcos Rocha comemora chegada de Tite à Seleção

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • DUDU MACEDO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Lateral do Atlético foi convocado para a seleção em 2013, ainda com Mano Menezes

    Lateral do Atlético foi convocado para a seleção em 2013, ainda com Mano Menezes

Titular absoluto do Atlético-MG, Marcos Rocha foi considerado o melhor lateral direito nas últimas quatro edições do Brasileirão. Porém, as boas e recentes apresentações no maior campeonato do país não foram suficientes para conseguir um lugar na seleção brasileira. Convocado apenas por Mano Menezes, em 2013, o jogador perdeu espaço no plantel de Dunga e agora comemora a chegada de Tite para reconquistar uma vaga.

"Fiquei contente (com a chegada de Tite). Com o Dunga, eu não tinha esperança alguma de ser convocado, pelo fato dele ter um grupo fechado. Com a chegada do Tite, é importante mantermos regularidade, porque ele é treinador que observa bastante e que gosta de jogadores novos", comentou o lateral.

Na última partida do Brasileirão, Rocha não terminou a partida tão elogiado quanto o meia Cazares e o volante Donizete. Não por isso, o lateral deixou de fazer uma boa apresentação e terminar o jogo como um dos melhores em campo. Foi dele o desarme ainda na faixa central do campo e a arrancada que gerou o passe para Cazares abrir o placar. Nas primeiras oito rodadas, o jogador foi quem mais acertou cruzamentos e desarmou mais no time, além de também ser o maior driblador.

"Pela minha postura em campo, sempre procuro dar o primeiro combate, roubar a bola e passar para meus companheiros. É meu amadurecimento no Atlético, que venho agregando ao meu futebol", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos