Flamengo vence Santa Cruz com golaço de Willian Arão e entra no G-4

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Flamengo conseguiu importante vitória fora de casa nesta quarta-feira (22) e entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro. No Arruda, o Rubro-negro bateu o Santa Cruz por 1 a 0 com um golaço de Willian Arão aos 14min do primeiro tempo. O volante soltou a bomba de fora da área e não deu chances de defesa ao goleiro Tiago Cardoso.

O resultado colocou o Flamengo na 4ª posição, com 17 pontos conquistados. No próximo domingo (26), o time tem pela frente o clássico contra o Fluminense, às 16h, em Natal. Já o Santa Cruz soma 11 pontos e está em 14º lugar. No sábado (25), a equipe visita o Corinthians, às 21h, em São Paulo.

Willian Arão comanda o Flamengo

Clelio Tomaz/AGIF
O volante Willian Arão festeja o gol da vitória do Flamengo sobre o Santa Cruz


O volante tem sido um dos principais jogadores do Flamengo em 2016. Não foi diferente no triunfo fora de casa sobre o Santa Cruz. Arão comandou o meio de campo e marcou um belo gol em chute de fora da área. Cheio de moral com a maior parte da torcida, o camisa 5 não à toa enverga a braçadeira de capitão na ausência do veterano Juan.

Quem vacilou: Rodinei

A maioria das chances criadas pelo Santa Cruz foi pelo lado direito da defesa rubro-negra. O lateral Rodinei não esteve bem na marcação e em algumas vezes o time adversário só foi parado pela dupla de zaga formada por Réver e Rafael Vaz. A cobertura funcionou e amenizou uma apresentação ruim do jogador rubro-negro, especialmente na primeira etapa.

Flamengo funciona na hora certa

Os cariocas funcionaram nos momentos certos e construíram a vitória. A atuação não foi das melhores, mas o time se segurou defensivamente e usou bastante o apoio dos jogadores de meio de campo para chegar ao gol defendido por Tiago Cardoso. O goleiro Alex Muralha esteve bem novamente e se consolida cada vez mais entre os titulares rubro-negros.

Santa Cruz desorganizado e sem meio de campo

O dono da casa se complicou no setor de meio de campo, onde o Flamengo esteve melhor. Com muitos espaços, o Santa Cruz necessitava de maior aproximação entre os atletas para arrumar os setores. O time não conseguiu evoluir e sofreu diante de um visitante que esteve longe de grande atuação.

Grafite perde chance do empate

Aos 29min do segundo tempo, Grafite teve a chance do empate cara a cara com Alex Muralha. Depois do erro de Cuéllar, a bola chegou para o atacante, que falhou na conclusão e também esbarrou em mais uma atuação segura do goleiro rubro-negro.

O jogo no Twitter


Zé Ricardo evolui, mas time ainda tem problemas

O time do Flamengo segue em evolução sob o comando do interino Zé Ricardo. No entanto, algumas falhas ainda precisam de correção. A cobertura dos laterais, evitando que os zagueiros fiquem expostos, é uma delas. No segundo tempo, o treinador sacou o centroavante Felipe Vizeu e colocou o volante Cuéllar antes dos 15min. A substituição chamou o Santa Cruz, mas não o suficiente para mudar a história da partida.

Milton Mendes tem noite infeliz

O treinador do Santa Cruz não teve uma noite feliz, assim como o seu time. Os espaços entre os setores comprometeram a marcação e as jogadas de criação. Nem sequer as alterações foram suficientes. O time da casa continuou desorganizado e saiu com a derrota no Arruda. As poucas chances criadas foram mais por erros do Flamengo do que por méritos da equipe.

Opinião: André Rocha

"Está na hora do Flamengo esquecer a grife e efetivar Zé Ricardo. Valorizar o trabalho e afirmar o treinador novato".

SANTA CRUZ 0 X 1 FLAMENGO

Local: Arruda, em Recife (PE)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartão amarelo: Lelê (Santa Cruz)
Gol: Willian Arão, aos 14min do primeiro tempo

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Vítor, Allan Vieira, Danny Morais e Tiago Costa (Roberto); Leandrinho (Wallyson), Daniel Costa (Lelê) e João Paulo; Arthur, Keno e Grafite
Técnico: Milton Mendes

Flamengo
Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Everton (Fernandinho) e Alan Patrick (Mancuello); Marcelo Cirino e Felipe Vizeu (Cuéllar)
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos