Gabigol marca duas vezes, e Santos vence o Fluminense no Espírito Santo

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos venceu, de virada, o Fluminense por 4 a 2, nesta quarta-feira, no estádio Kléber Andrade, no Espírito Santo, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Gabriel Barbosa marcou dois gols, enquanto o estreante Rodrigão balançou as redes em sua estreia com a camisa santista. Luiz Felipe foi o responsável por fechar o placar.

Com a vitória, o Santos sobe para a quinta colocação, com 16 pontos ganhos. Já o Fluminense cai para a 13ª posição e fica a quatro pontos da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Santos tem clássico contra o São Paulo, domingo, no Pacaembu, enquanto o Fluminense também joga clássico contra o Flamengo no mesmo dia.

Quem precisa de Lucas Lima? Cittadini brilha como 'maestro' do Santos

O meia Léo Cittadini jogou na vaga de Lucas Lima, que ficou como opção no banco de reservas, pois busca o melhor condicionamento físico. No papel de 'maestro' do time, o jovem brilhou ao ser responsável por duas belas assistências. Cittadini deu passes para o primeiro e terceiro gol do Santos. Mesmo assim, Dorival sacou Cittadini para a entrada de Lucas Lima no segundo tempo. 

Alvo do Santos, Gum fracassa com 'lentidão' em campo

O zagueiro Gum, que recebeu proposta do Santos no início deste ano, demonstrou que não tem a mesma velocidade do início de carreira, quando deixou a Ponte Preta para jogar no Fluminense. O experiente defensor 'passou mal' para correr atrás dos Meninos da Vila em campo.

Rodrigão estreou com 'pé direito', ou melhor, pé esquerdo

O atacante Rodrigão fez sua estreia com a camisa do Santos e já marcou o seu primeiro gol ao empatar o jogo no primeiro. O centroavante recebeu lançamento de Léo Cittadini e chutou cruzado de perna esquerda na saída do goleiro para balançar as redes. Rodrigão é o artilheiro do Brasil no ano, agora com 19 gols marcados. O atacante ainda deu assistência, de cabeça, para o quarto gol do Santos, de Luiz Felipe.

Vanderlei brilha com sequência de defesas

O goleiro Vanderlei foi determinante para a vitória santista. Quando o jogo estava 1 a 0 para o Fluminense, ele evitou que a equipe carioca matasse o jogo. Em um lance, Vanderlei fez uma sequência de duas lindas defesas e ainda mostrou que estava na bola na terceira finalização na jogada. No segundo tempo, ele ainda fez uma ótima defesa em cabeçada de Magno Alves.

Santos se mostra 'fatal' e garante vitória em poucos lances

O Santos contou com a sorte ao vencer o jogo por 2 a 1 no primeiro tempo. Isso porque o Fluminense abriu o marcador e havia perdido três boas oportunidades de ampliar. O goleiro Vanderlei, inclusive, fez uma sequência de duas lindas defesas e ainda estava na bola no terceiro chute para evitar mais um gol dos cariocas. No entanto, em dois lances de infiltração, o Santos virou o jogo no primeiro tempo. Primeiro, Léo Cittadini lançou Rodrigão, que empatou. Em seguida, Victor Bueno deu belo passe para Gabigol virar o jogo nos acréscimos da primeira etapa. Na segunda etapa, o Santos usou o contra-ataque para fazer o terceiro gol, com Gabriel. Se não bastasse, quando o Flu buscava o empate em 3 a 3, o Santos matou o jogo ao fazer 4 a 2.

Fluminense e Levir expõem defesa frágil contra o Santos

O técnico Levir Culpi ainda faz valer as criticas que recebia no Atlético-MG, em relação a sua defesa muito vulnerável . O Fluminense pressionou o Santos no campo de ataque, abriu o marcador, perdeu outras boas oportunidades de ampliar o placar, mas se mostrou frágil defensivamente. Em dois ataques, a equipe santista virou o jogo no primeiro tempo e fez o terceiro em um dos poucos lances de ataque na segunda etapa. No segundo tempo, o Flu sofreu mais dois gols – no terceiro gol santista se mostrou lenta e mal posicionada, e no quarto gol ficou olhando a troca de cabeçadas do Santos dentro da área.

Ficha Técnica

Fluminense 2 x 4 Santos

Data: 22/06/2016
Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Hora: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
 
Gols: Marcos Júnior aos 13 minutos, Rodrigão aos 38 minutos e Gabigol aos 47 minutos do primeiro tempo, e Gabigol aos cinco, Marcos Júnior aos 20 e Luiz Felipe aos 27 do segundo tempo.
 
Fluminense: Diego Cavalieri, Jonathan (Giovanni), Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre (Maranhão), Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Magno Alves. Técnico: Levir Culpi
 
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Zeca; Renato, Thiago Maia, Léo Cittadini (Lucas Lima) e Vitor Bueno (Yuri); Gabriel e Rodrigão. Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos