Mesmo com nova vitória, técnico do Atlético cobra melhoras: "demos espaço"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Foi difícil para o Atlético-MG. O primeiro gol saiu somente após os 20 minutos do segundo tempo e o segundo aconteceu graças a uma falha individual do zagueiro Pedro Henrique. No fim, um gol aos 44 minutos recolocou o Corinthians na partida e fez a torcida atleticana ter alguns minutos de apreensão até o apito final do árbitro Wilton Pereira.

Na visão do técnico Marcelo Oliveira, resultado foi justo. O treinador do Atlético também classificou a partida disputada no Mineirão como bastante equilibrada.

"Foi um jogo muito bom, equilibradíssimo, de muita emoção e com várias circunstâncias durante a partida. O Atlético começou muito bem, se propôs a marcar e jogar. Estávamos pecando na última jogada. Depois dos 25 demos um pouco mais de espaço e o Corinthians criou dificuldades. No segundo tempo voltamos acertados. O Corinthians é uma ótima equipe, que aproveita bem os erros dos adversários. Mas o comportamento do Atlético foi muito bom, com algumas dificuldades, mas de forma geral foi muito bom".

Marcelo Oliveira fez apenas uma ressalva. Para o treinador, o gol de Lucca aos 44 minutos do segundo tempo fez o Atlético terminar a partida com uma pressão que poderia ser evitada.

"Acredito que poderíamos ter evitado o gol, estávamos com todo o time atrás da linha da bola. Não precisava daquela pressão no final, mas foi uma vitória merecida".

Com duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, o Atlético se distanciou da zona de rebaixamento e se aproximou do G4. Com mais dois jogos por disputar em Belo Horizonte, contra América-MG e Botafogo, o torcedor já faz as contas que ficar cada vez mais perto dos primeiros colocados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos