Cristóvão esconde time, mas promete "coisas diferentes" para o próximo jogo

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Cristóvão Borges fechou o treino para a imprensa nesta sexta-feira (24) e tampouco revelou qualquer detalhe do time que entrará em campo pelo Corinthians contra o Santa Cruz, no próximo sábado, em São Paulo, na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele, no entanto, garante: "vamos tentar coisas diferentes". 

O treinador que substitui Tite no clube estreou na última quarta-feira, com derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, em Minas Gerais. "Não vou revelar nada", disse, já no começo da entrevista. "Vocês continuarão com dúvidas. Nós treinamos algumas opções. Tentaremos fazer alguma coisa diferente, preparamos algumas coisas para tentarmos fazer no jogo". 

Ainda assim, deu algumas pistas. O zagueiro Vilson não participou das atividades, mas depende só da avaliação física para atuar: "Hoje não treinou. Mas, se melhorar, jogará ele", afirmou. Além disso, um teste feito foi com Marquinhos Gabriel centralizado na armação. 

"Isso pode acontecer [M. Gabriel na meia]. Temos jogadores que jogam em mais de uma posição. Estamos procurando uma maneira de ficarmos equilibrados e ficarmos com a bola mais no campo de ataque", disse. E Romero jogando na ponta, com Luciano de centroavante? "Experimentamos de tudo isso um pouco", respondeu, evasivo.

Sexto colocado no Campeonato Brasileiro, o Corinthians de Cristóvão soma 16 pontos e está a apenas um da zona de classificação à Libertadores. O Santa Cruz, que visitará o alvinegro às 21h deste sábado, é o 15º - dos últimos cinco compromissos, perdeu quatro. 

O comandante lamenta os desfalques da equipe e já prevê atraso no seu trabalho. "No momento não estou podendo contar com todos os jogadores, isso atrasará um pouco o trabalho. Tite também estava no começo", justificou. "A ideia de jogo estava definida, mas a equipe não estava. Estamos no caminho de definir a equipe para a ideia ser bem praticada". 

Enquanto o time não joga a 100% do seu potencial, Cristóvão aposta na torcida para suprir as carências. Será, aliás, sua estreia na Arena, com a torcida a favor. "Eles jogam junto. Estamos precisando deles e sabemos que podemos contar com isso". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos