"Ele falou que ia me pegar, mas nem deu tempo", diz Gabigol sobre Lugano

Do UOL, em São Paulo

Apesar das ações para promover um clássico da paz, dentro de campo o clima esquentou por diversas vezes no jogo deste domingo, no Pacaembu. Uma delas foi após uma 'caneta' de Gabigol em cima de Lugano, que minutos depois até acabou expulso. Após o apito final da vitória de 3 a 0 do Santos, o atacante revelou ameaça do zagueiro tricolor e até brincou com a situação.

"Ele ficou bravo, falei que era do futebol. Ele falou que ia me pegar, mas nem deu tempo. O importante foi que eu cavei a falta ali e o Lucas fez o gol", disse Gabigol, que falou ainda sobre o que considerou uma 'justíssima' vitória do Santos.

"Grande vitória, convincente. Ganhou o melhor time. A gente sabia que tinha que marcar bem e, com a bola nos pés, iriamos nos sobressair", acrescentou.

Já Lucas Lima, que marcou um golaço justamente na falta sofrida por Gabigol após caneta em Lugano, foi outro que comentou sobre o 'clima quente' ao longo da partida.

"Cada um faz o que quer dentro de campo. Tentei não provocar ninguém, claro que uma hora ou outra escapa", disse o meia santista.

Com a vitória no clássico, o Santos chegou ao G-4 e termina esta 11ª rodada do Campeonato Brasileiro na terceira colocação, com 19 pontos, a apenas três do líder Palmeiras. O time volta a campo na quarta-feira para encarar o Grêmio, na Arena Grêmio, às 19h30.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos