Arsenal pede relatórios sobre jovem corintiano e cogita investimento futuro

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Maycon foi profissionalizado no começo do ano: fez 14 jogos e um gol

    Maycon foi profissionalizado no começo do ano: fez 14 jogos e um gol

Sem espaço há alguns meses no Corinthians, o volante Maycon tem sido alvo de recentes abordagens de equipes inglesas diante da janela de transferências. O Arsenal-ING, em especial, solicitou informações recentes pelo jogador que completará 19 anos no próximo mês. 

Na lista de atletas jovens monitorados pelo departamento de análise do Arsenal, Maycon tem sua evolução seguida desde que atuava pelo Sub-15 corintiano. Há pouco tempo, novas informações foram solicitadas referente às partes física e comercial do jogador que já defendeu a seleção brasileira Sub-17 (ouça também no Tabelinha a opinião de Juca Kfouri sobre o futuro de Pato no Corinthians: clique aqui).

Ciente do interesse de equipes de fora em Maycon, o estafe do jovem volante recentemente se associou a empresários europeus com penetração no mercado inglês para que essa possibilidade fosse trabalhada a médio e longo prazo. Nas perguntas feitas pelo Arsenal, entre outras, está sobre a possibilidade de conseguir um negócio semelhante ao feito pela Juventus-ITA com Matheus Pereira.

Nesse modelo, o clube europeu interessado pagaria um valor imediato considerado baixo e estipularia metas futuras que elevariam o preço final da transferência. Com Matheus, 18 anos, o negócio saiu por 2 milhões de euros (equivalente hoje a R$ 7,8 milhões), mas que poderá alcançar até 7 milhões de euros (R$ 26 milhões) caso o jogador se transfira. Todo o valor dessa transferência cabe a um grupo de empresários liderado pelo ex-conselheiro corintiano e agente Fernando Garcia. O Corinthians ficou com 5% de futura venda. 

O desejo dos empresários que administram a carreira de Maycon, entretanto, é de um planejamento diferente para o futuro dele. A ideia é que o volante se afirme inicialmente no Corinthians, tenha uma trajetória sólida no clube em que foi formado e só então pense em se transferir. Diferentemente de Matheus Pereira, que só tinha 5% de direitos econômicos ligados aos corintianos, a porcentagem de Maycon é de 80%.

Embora detenha também uma parte da procuração do volante, Garcia possui ingerência muito menor nos negócios relacionados a ele. Por isso, recentemente, ofertas de empréstimo para Maycon apresentadas por Coritiba e Ponte Preta foram prontamente rejeitadas, inclusive pelo Corinthians. A expectativa a partir disso era por maior espaço ao garoto, o que não tem ocorrido. 

Nas últimas 13 partidas do Corinthians, Maycon só atuou por 24 minutos diante do Palmeiras. Nesse meio tempo, foi requisitado pelo treinador Osmar Loss para atuar na equipe Sub-20, o que foi recusado pelo departamento profissional corintiano.

O novo técnico Cristóvão Borges tem optado em manter a dupla Bruno Henrique e Rodriguinho, como havia escalado o interino e auxiliar Fábio Carille. Elogiado por suas participações nos treinamentos do time adulto, Maycon aparentemente está atrás do recém-chegado Camacho e do experiente Willians, emprestado pelo Cruzeiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos