Argel liga alerta depois de série sem vitórias do Inter: "No limite"

Do UOL, em Porto Alegre

As quatro rodadas sem vitória ligaram o alerta no Internacional. Logo após a derrota para o Flamengo, nesta quarta-feira (29), em Cariacica, Argel Fucks reconheceu que o time chegou ao limite. Limite no que diz respeito aos pontos e a projeção para se manter na briga pelo topo da tabela do Campeonato Brasileiro.

"Chegamos ao limite, não temos mais gordura para queimar", disse Argel.

A sequência negra do Inter envolve os jogos com Figueirense, Coritiba, Botafogo e agora Flamengo. Parado nos 20 pontos, o time gaúcho já foi superado pelo rival Grêmio.

"Na verdade são três resultados negativos. Destes quatro, três foram fora de casa e um em casa. A gordura que a gente tinha, não temos mais. Começamos bem, mas dependendo de resultados podemos terminar em quarto. Só que ainda estamos no bolo", afirmou.

A atuação no Espírito Santo não foi boa. Com os estreantes Leandro Almeida e Seijas, e seis mudanças em relação ao time que perdeu para o Botafogo, o Inter teve a bola e não soube o que fazer com ela. Penou na contenção e não teve verticalidade, como em grande parte da temporada até aqui.

No segundo tempo, se expos atrás do empate e viu Muriel salvar o placar de números piores.

Confira outras respostas de Argel Fucks depois do jogo com o Flamengo:

DESEMPENHO

Foi uma partida razoável para bom, não foi bom por não ter pontuado. No confronto direto ainda estamos À frente do nosso adversário. E esse é um adversário direto. Gostei da equipe, fez um jogo equilibrado. Gostei da partida do Muriel, do Leandro. Deu segurança. Gostei do Mike, uma surpresa muito boa. Aguentou bem, deu retorno. Altamente versátil e que joga em todas as funções. O Seijas fez uma boa partida, gostei da estreia dele. Ele jogou uma hora em um gramado pesado. Uma coisa me preocupava: jogamos com 10 por uma hora contra o Botafogo. Existe um desgaste psicológico e físico. Achei que iriamos baixar o ritmo, mas não. Terminamos bem. Tínhamos uma gordura, ela não existe mais. E se tínhamos ela, foi por ter arrancado bem. O campeonato é assim. A gente sabe que o equilíbrio é grande. O importante agora é recuperar todo mundo e se preparar para domingo.

SÉRIE DE QUATRO JOGOS SEM VENCER

Se você analisar, o jogo com o Figueirense poderia ter sido empate. Pelo o que os dois times fizeram .Contra o Coritiba o empate foi justo. Contra o Botafogo foi totalmente atípico. Nunca tínhamos tomado dois gols tão rapidamente. Eles mataram o jogo com dois contra-ataques. E aí é duro, correr uma hora e tal com um a menos atrás do resultado. Agora foi um jogo duro, o adversário tem uma qualidade diferente e jogou com o que tinha de melhor. Nós temos jogadores que fazem parte da equipe e fortalecem a equipe. Não jogaram. Mas a obrigação é nos recuperarmos na próxima rodada. Nós vínhamos sofrendo muitos gols, conseguimos estacar. Agora temos que recuperar todo mundo, a sequência é muito forte. No ritmo que a gente joga, com intensidade, os jogadores correram muito. O Valdívia entrou um pouco e gostei, botamos justamente para ele se ambientar. Se adaptar para as próximas rodadas. Sabemos que não temos mais margem para erro. A partir de agora é erro zero.

SEIJAS E SUA ESTREIA

Eu conversei com o Seijas à tarde, chamei ele no meu quarto e mostrei no campo magnético... Onde o jogador se sente bem. A gente sabe da qualidade, ele pode jogar centralizado. Pode jogar no tripé pelo lado esquerdo. Como extrema pelo lado esquerdo. Mas onde se sente melhor é centralizado, onde o D'Alessandro jogava. Nós saímos para o jogo como jogamos na Florida Cup. Aí tomamos o gol, o Flamengo veio no 4-2-3-1 e mudamos com as mesmas peças. Trouxemos o Anderson pro meio, Seijas na esquerda e o Sasha na esquerda também. E aí sim, no segundo tempo, conseguimos controlar o lado forte do Flamengo.

CONVOCADOS PARA OS JOGOS OLÍMPICOS

Nesse momento a gente fica satisfeito pela convocação do William, Dourado e Odair, nosso auxiliar. Isso é o trabalho de todos sendo revelado. Nesse momento a gente não pensa na seleção, pensamos na próxima rodada. Só voltando atrás sobre as modificações... No jogo passado eu gostaria de ver o Jaccson jogar e estava combinado que eu daria oportunidade a ele contra o Botafogo. E contra o Flamengo, para dar oportunidade, iria o Muriel. O Jacsson fez uma partida boa, não influenciou no resultado. A relação é aberta e foi avisado que o Muriel jogaria contra o Flamengo. Muitas vezes as pessoas não sabem, tratamos internamente. Foi assim com Geferson e Artur. Quero que eles disputem internamente. Esperamos que o Ariel tenha condições para a próxima rodada também.

MURIEL TITULAR

O Muriel voltou seguro. E goleiro sempre é cargo de confiança. Tive um papo muito honesto com os goleiros. O Muriel já está escalado para o jogo de domingo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos