Palmeiras sem Prass por seis rodadas: conheça a dupla que briga pela vaga

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

Micale convoca Neymar, Prass e mais 16 para a Rio-2016; veja a lista

A convocação de Fernando Prass para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro é uma consagração para o arqueiro, mas deixa uma pulga atrás da orelha no torcedor palmeirense. Aos 37 anos, o goleiro veterano desfalcará por seis jogos o Palmeiras em um momento importante do Campeonato Brasileiro, enquanto representa a equipe nacional na busca pelo ouro inédito. Agora, dois candidatos surgem para ocupar a vaga do camisa 1.

Vagner e Jaílson tem revezado como a opção direta a Prass no banco de reservas. Com a convocação do incontestável titular para os Jogos do Rio, os dois possuem algumas semanas para convencer a comissão técnica de quem ocupará a meta palmeirense durante o período olímpico.

Micale diz por que chamou Prass e o que espera de Neymar

  •  

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a preparação e a disputa dos Jogos Olímpicos ocorrerão em um espaço de seis rodadas da Série A (entre a 16ª e 21ª). Desta forma, o Palmeiras passará pela virada de turno sem Prass, que, além de titular, surge atualmente como um dos principais líderes do elenco.

Fabio Menotti/Divulgação

Jailson é um dos que brigam pela vaga

O Palmeiras trata com mistério o substituto e se apega ao revezamento do banco de reservas para colocar Vagner e Jailson no mesmo nível neste momento. Quem vencer a disputa defenderá a meta alviverde contra Atlético-MG (casa), Botafogo (fora), Chapecoense (f), Vitória (c), Atlético-PR (f) e Ponte Preta (c) - desde que a seleção alcance a disputa direta por medalhas (semifinal).

Por tempo de casa,  Jailson sai na frente do companheiro de treinamentos. O goleiro de 34 anos chegou ao Palmeiras no final de 2014, depois de passagem pelo Ceará, e rapidamente conquistou o ambiente do clube, mesmo ciente de que pouco atuaria com a camisa alviverde com Prass nas melhores condições.

Um dos xodós do elenco – tratado como o 'boa praça' do Palmeiras na atualidade -, Jailson estreou com camisa do Palmeiras em partidas oficiais apenas em abril de 2015, quando encarou o Sampaio Corrêa pela segunda fase da Copa do Brasil da temporada passada; esta foi a única oportunidade como titular.

Apesar do tempo menor de Academia, Vagner se credencia como favorito a ocupar a meta do Palmeiras na ausência de Prass. Campeão paulista de 2014 pelo surpreendente Ituano, que derrotou o Santos na decisão, o goleiro atuou como titular do Avaí na Série A do ano passado e despertou o interesse da diretoria alviverde.

Contratado no início de 2016, Vagner ainda não teve oportunidades em partidas oficiais. O goleiro quer uma chance para apagar a impressão ruim deixada pela atuação no jogo-treino contra o Nacional-SP, disputado em março desta temporada.

Na partida disputada dentro da Academia de Futebol, Vagner sofreu um gol do meio-campo, em lance no qual ainda empurrou a bola para dentro da meta. O lance, no entanto, não rebaixa o goleiro de 26 anos na briga pela titularidade durante o período olímpico.

A convocação interrompe uma sequência absurda do camisa 1 palmeirense como titular. Se atuar sem restrições até o embarque olímpico, Prass somará 38 jogos consecutivos na meta palmeirense - ou seja, todos os duelos oficiais disputados pela equipe alviverde na atual temporada.

Cesar Greco/Ag Palmeiras

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos