Grêmio leva susto, mas vence o Santos com gol aos 44 do segundo tempo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio saiu fazendo 2 a 0, levou o empate, e quando tudo se encaminhava para dois pontos perdidos em casa, Marcelo Hermes marcou. O placar de 3 a 2, nesta quarta-feira (29), deixa o time azul, branco e preto motivado para o clássico do próximo domingo. 

O Grêmio marcou cedo, abriu 2 a 0, mas cedeu. No segundo tempo, o Santos foi para cima, Copete marcou o primeiro e o empate veio com um golaço de Zeca aos 38. Só que o Imortal nunca desistiu. Tanto que aos 44 da etapa final o lateral esquerdo Marcelo Hermes definiu a vitória. 

Com isso, o time gaúcho entra no G-4 passando Santos e Internacional. Soma, agora 21 pontos. Mais do que isso, ganha moral para o clássico do próximo domingo às 11h (horário de Brasília). Enquanto o Santos fica com 19 e na próxima rodada pega a Chapecoense. 

Marcelo Hermes decide 

Quando entrou no jogo, Marcelo Hermes tinha por objetivo apenas defender. O Grêmio ganhava. Mas apresentou-se a ele a chance de decidir. E com uma retomada e um bonito gol, foi quem deu três pontos ao Tricolor. 

Lucas Lima aparece pouco e se desentende

Lucas Lima apareceu pouco em campo. Não conseguiu criar oportunidades aos colegas de Santos e ainda se envolveu em uma confusão com Edílson. Acabou levando amarelo e esteve bem abaixo do esperado na partida. 

Substituto na zaga espanta incertezas

Antes da partida, a zaga do Grêmio despertava dúvidas. Principalmente o jovem Rafael Thyere, que é pouco aproveitado no elenco. E para conseguir destaque ele simplificou e nisso foi muito bem. Jamais tentou sair jogando, dar algum passe qualificado ou lançamento pensado. Pelo contrário, espantou sempre que pôde e com isso evitou qualquer equívoco. Acabou aplaudido pelo simples fato de fazer o óbvio. 
 

Como nos velhos tempos: Grêmio marca rápido e mostra segurança

Uma das principais características do Grêmio nos melhores momentos de 2015 era o poder de resolver rapidamente a partida e atuar com segurança nos momentos decisivos. E foi isso que aconteceu nesta quarta-feira. Com o primeiro gol aos três minutos de primeiros tempo, o Tricolor soube conter o Santos e usou o contra-ataque. Porém a segurança teve fim a partir da mudança de postura do adversário. Tanto que o Santos chegou a empatar. 
 

Melhor defesa sofre e Santos 'não encaixa' mas acorda no fim

Até então melhor defesa do Campeonato Brasileiro, o Santos não 'encaixou' no Grêmio. Desde o princípio do jogo, o time de Dorival Júnior apresentava espaços entre a linha de meio-campo e a zaga e exatamente por ali jogaram Everton, Giuliano, Douglas e por vezes o volante Jaílson. Apostando em lampejos de Gabigol, Lucas Lima e Rodrigão, o Peixe não conseguiu fazer o suficiente para igualar as forças no início. Mas no segundo tempo, o Peixe igualou a partir das trocas feitas por Dorival Júnior. 
 

Roger volta a ter problemas na zaga

O Grêmio praticamente não tem zagueiros disponíveis. Para esta partida, colocou o jovem Marcão no banco de reservas. E no segundo tempo ficou sem Rafael Thyere, com cãibras. Marcelo Hermes entrou com Marcelo Oliveira indo para a zaga. 

Dorival acerta com entrada de estreante

Dorival Júnior acertou na entrada do estreante Copete. Perdendo, no segundo tempo, o Santos foi para o ataque movido pelas trocas do treinador e passou a pressionar a defesa gremista. 

Confusão na torcida do Santos

Eram poucos, mas fizeram confusão. Uma briga entre torcedores do Santos mobilizou a Brigada Militar no intervalo da partida. Dois aficionados foram detidos e os policiais precisaram permanecer no local destinado a torcida visitante para evitar mais problemas. 
 
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 2 SANTOS
 
Data: 29/06/2016 (quarta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos e Bruno Raphael Pires 
Renda: R$ 363.345,00
Público: 14.865 (total)
Cartões amarelos:  Lucas Lima (SAN), Zeca (SAN); Edílson (GRE), Douglas (GRE), Walace (GRE); 
Gols: Giuliano, do Grêmio, aos 3 minutos do primeiro tempo; Douglas, do Grêmio, aos 43 minutos do primeiro tempo; Copete, do Santos, aos 19 minutos do segundo tempo; Zeca, do Santos, aos 38 minutos do segundo tempo; Marcelo Hermes, do Grêmio, aos 44 minutos do segundo tempo.
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere (Marcelo Hermes), Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Giuliano, Douglas e Everton (Guilherme); Luan (Bobô). 
Técnico: Roger Machado
 
SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique (Yuri), Zeca; Thiago Maia, Renato (Jean Mota); Vitor Bueno (Copete), Lucas Lima, Gabriel; Rodrigão.
Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos