Guilherme recua de reclamação, mas afirma: "tenho que ser verdadeiro"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

A perda da titularidade gerou reclamação de Guilherme na última semana do Corinthians. Nesta quarta-feira, o meia-atacante voltou a falar e demonstrou novamente sinceridade após vitória por 2 a 0 sobre o América-MG. Segundo ele, não havia intenção de causar polêmica. 

"Foi tranquilo, com muito respeito, sem mal-estar ou polêmica. Todos gostam de jogar. Em momento algum o meu foco é outro. São vitórias, título. Sem mal-estar e com foco no título", declarou Guilherme. 

"Confesso que nem acompanhei a repercussão. No Corinthians tudo é muito grande. Eu não quis causar mal-estar. Temos que ser verdadeiros no que pensamos. Eu não quero fazer de conta. Expus uma ideia, sigo forte com ela, mas sem causar nenhum conflito", complementou. Segundo ele, até pelo clima, evitou insistir para bater pênalti. "Ia bater, mas para evitar qualquer tipo de situação, o bateador é o Marquinhos, e para não causar, para evitar mais disse me disse, preferi deixar quieto", afirmou Guilherme. 

Nesta quarta, ele foi acionado aos 13min do segundo tempo e teve atuação discreta. Mas, para ele, foi fundamental vencer e subir até a vice-liderança. "Foi uma boa apresentação. Sofremos, oscilamos um pouco, mas no segundo tempo conseguimos mais controle de bola, conseguimos o lance com Luciano do pênalti para fazer o gol e melhorou ainda mais a situação. Fizemos triangulação, é o que precisávamos, e o mais importante são três pontos", analisou o meia-atacante. 

"Toda mudança de treinador ou jogador há cobranças, dúvidas, por se começar trabalho novo. As vitórias são importantes. Continuamos encostados na turma de cima", afirmou Guilherme. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos