Barrios recebe chance que pediu, e Palmeiras defende a liderança

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Enquanto Cristaldo se despede, Barrios (a princípio) fica na Academia de Futebol

    Enquanto Cristaldo se despede, Barrios (a princípio) fica na Academia de Futebol

Depois de uma semana turbulenta, com direito a questionamento e respostas por intermédio da imprensa, Lucas Barrios e Cuca se entenderam. Treinador e jogador conversaram e se acertaram, e ambos chegam para esta quinta-feira, data da partida contra o Figueirense, marcada para as 19h30 (de Brasília) no Allianz Parque, em paz.

Cuca cumpriu a promessa feita na tarde da última terça-feira e relacionou o atacante paraguaio para o duelo, importante para o Palmeiras assegurar a manutenção da liderança do Campeonato Brasileiro. Barrios, agora, possui a chance que queria.

Jogador mais valorizado em termos financeiros na Academia de Futebol, o camisa 8 terá apenas a segunda chance nesta edição da Série A. Depois de ser titular na estreia contra o Atlético-PR, há mais de um mês, Lucas Barrios sofreu com problemas físicos e virou 'vítima' pelo encaixe rápido da equipe, líder da competição com 22 pontos.

Sem o paraguaio, Cuca testou um trio de ataque sem referência – com Gabriel Jesus atuando na maior parte do tempo como o 9 palmeirense. Deu certo, já que a equipe de Palestra Itália assumiu o posto de melhor ataque ao anotar 22 gols em 11 partidas.

Enquanto o ataque emplacava, Barrios se recuperava de uma lesão na panturrilha. Há quase duas semanas, a volta para os treinos com bola aproximava o jogador da volta, mas Cuca optava por outros nomes – até o recém-negociado Cristaldo ganhou chances.

Segundo Cuca, o centroavante estava infeliz e tinha proposta. Barrios negou ambas as situações, mas deixou claro que não gostaria de permanecer preterido pelo treinador. Uma conversa 'olho no olho' selou a paz, e a saída de Cristaldo para o México resultou em mais uma chance para o paraguaio.

Barrios não será titular, mas pode ganhar uma chance nesta quinta-feira. Resta ao paraguaio convencer Cuca com a bola nos pés, até porque, em quatro rodadas, Gabriel Jesus deixará o Palmeiras para disputar a Olimpíada do Rio de Janeiro, assim como Fernando Prass.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS x FIGUEIRENSE

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 30 de junho de 2016 (quinta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE) e Flavio Rodrigues de Souza (SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Zé Roberto); Moisés e Tchê Tchê; Róger Guedes, Cleiton Xavier e Dudu; Gabriel Jesus.
Técnico: Cuca.

FIGUEIRENSE: Gatito Fernández; Ayrton, Marquinhos, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Jackson Caucaia, Ferrugem e Bady; Dudu, Gustavo Ermel e Rafael Moura.
Técnico: Vinícius Eutrópio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos