Cristóvão aposta em versão pragmática e leva Corinthians até vice-liderança

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

A segunda vitória de Cristóvão Borges em três partidas no Corinthians foi marcada por um jogo pragmático no Estádio Independência. No início de um trabalho herdado de Tite e sem tempo para impor muitas ideias em treinamentos, Cristóvão busca resultados que deem segurança. Foi assim que ganhou do América-MG por 2 a 0 para subir mais na tabela do Campeonato Brasileiro. 

Com o fôlego gerado por triunfos sobre os dois últimos colocados, Santa Cruz e América, o Corinthians chegou ao segundo lugar. Estabilizar a equipe na tabela era um objetivo imediato depois de perder Tite para a seleção. Momentaneamente, Cristóvão conseguiu até uma posição melhor na classificação, já que os corintianos estavam em quarto quando o treinador anterior partiu (No Tabelinha, PVC e Julio Gomes falam sobre a campanha do Corinthians em 2016; ouça: clique aqui). 

Em seus primeiros jogos, sobretudo na vitória sobre o América, Cristóvão buscou um desempenho seguro. O Corinthians abriu o placar já aos 8min com Romero e escolheu dar proteção aos zagueiros Balbuena e Pedro Henrique.

Sem muitos avanços dos laterais e em noite pouco inspirada dos jogadores de criação, foi o time do português Sérgio Vieira que teve a bola por 57,4% do tempo, trocou muitos passes a mais (492 contra 337) e teve mais que o dobro de finalizações (14 contra 6).

Em suas partidas anteriores, Cristóvão também tratou a segurança como prioridade. Após o jogo no Independência, ele ressaltou que a saída do Corinthians da defesa ao ataque foi marcada por muitos erros. Em parte, a razão para um time que avançou tão pouco, mas venceu sem sustos. 

A preparação para pegar o Flamengo no domingo será a maior que Cristóvão terá em 11 dias no Corinthians. Serão dois treinamentos com todos os jogadores em campo, na sexta e no sábado, mas a tendência é que o treinador se concentre somente na correção de erros.

Depois disso é que terá uma semana cheia de trabalhos pela primeira vez e talvez consiga dar conceitos mais próprios à equipe, como a subida da linha de defesa mais à frente ou um jogo mais baseado em posse de bola. Além disso, um dilema para resolver em torno de Alexandre Pato. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos