Santos vê elenco grande e negocia saída de pelo menos 7 atletas; veja lista

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Mauro Horita/FlickrSantos

    Meia-atacante Rafael Longuine puxa a fila dos atletas negociáveis do Santos

    Meia-atacante Rafael Longuine puxa a fila dos atletas negociáveis do Santos

Após contratar seis reforços para o Campeonato Brasileiro, o Santos agora promete fazer uma 'faxina' no plantel para a sequência da temporada. A diretoria santista vê o elenco bastante inchado e negocia empréstimos e vendas de sete atletas, todos que são poucos utilizados pelo técnico Dorival Júnior. O número pode chegar a nove, dependendo das ofertas recebidas.

O elenco santista possui 38 atletas atualmente, mas este número deve aumentar para 40 com a chegada de Fabián Noguera, reforço já contratado e esperado no clube nesta sexta-feira, e possivelmente com o retorno do experiente zagueiro Alex, que termina seu vínculo com o Milan, da Itália, nesta sexta.

"Santos não tem trabalhado, mas tem demanda por vários jogadores. Uma boa parte com opção de compra, com compra, objetivamente. Outros empréstimos. Mas agora tem que conciliar interesse do clube e jogador, se quer transferido ou não. Não chegaram propostas, mas intenções sim", afirmou o superintendente do clube paulista, Dagoberto Santos, que fez questão de enfatizar que não enxugará o elenco com a saída de titulares.

"Não! (titulares). São jogadores que não pensamos mexer agora. Ao invés de vender um jogador com valor alto, podemos vender vários por valor menor, atingindo aquele objetivo", disse.

A cúpula santista prefere não divulgar os nomes dos atletas, mas o UOL Esporte selecionou a relação de jogadores que podem ser negociados, pois não estão nos planos de Dorival Júnior.

O meia Rafael Longuine puxa a lista, que conta com o zagueiro Paulo Ricardo, os volantes Fernando Medeiros e Valencia, o meia Leandrinho e os atacantes Lucas Crispim e Matheus Nolasco. Ex-titulares da equipe, o meia Serginho e o volante Alison, também podem deixar o clube, caso apareçam propostas consideradas vantajosas para o Santos.

"O ideal é trabalhar com elenco de 32 ou 33 jogadores mais ou menos. Poderiam ser emprestados (sete atletas). Alguns precisam jogar. Temos o interesse de manter no clube, mas precisa ter jogo. Você sabe quais são, sabe analisar futebol", disse o dirigente santista.

O elenco santista ficou inchado, pois a diretoria santista mantém até o momento os atletas que são assediados pelo futebol do exterior – casos de Lucas Lima, Gabriel, Thiago Maia, Zeca e Gustavo Henrique.

Além disso, a diretoria santista também contratou seis jogadores para o Campeonato Brasileiro – Jonathan Copete, Emiliano Vecchio, Rodrigão, Fabián Noguera, Jean Mota e Yuri. Antes destes, o clube já havia contratado Luiz Felipe e Maxi Rolón.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos