Pedido do MP deixa Arena Corinthians com presença apagada de organizadas

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Dassler Marques/UOL

    Setor Norte, destinado para organizadas, teve cerca de 50% da capacidade ociosa

    Setor Norte, destinado para organizadas, teve cerca de 50% da capacidade ociosa

A partida entre Corinthians x Flamengo neste domingo, em Itaquera, tem presença pequena de torcidas organizadas do clube mandante. A explicação está em nova recomendação do Ministério Público de São Paulo para a venda de ingressos a esses torcedores. O procedimento foi designado para todas as organizadas da capital. 

Segundo estimativa do Corinthians, dos 9 mil lugares disponíveis do Setor Norte, cerca de metade da capacidade não foi vendida para o jogo deste domingo. O público total para a partida contra o Flamengo é de 29 mil, abaixo do normal para uma partida de grande expectativa. 

Na prática, a determinação do MP fez com que fosse alterado o procedimento para venda de ingressos aos organizados. Agora, as entradas só podem ser comercializadas de forma individual. Assim, os torcedores precisam realizar um novo cadastro e comprar os ingressos pela internet. 

"Estamos fazendo um processo de recadastramento dos torcedores de organizadas, em que vendemos o ingresso de maneira individualizada conforme determinação do Poder Público. Esse (espaço vazio) tem sido o efeito até que todos atualizem os cadastros", explicou Lúcio Blanco, diretor de arrecadação do Corinthians. 

Em Itaquera, entre as principais organizadas corintianas, a Gaviões da Fiel conseguiu preencher boa parte do espaço que normalmente cabe a ela. Já a Pavilhão Nove e Camisa 12 tiveram número muito inferior de representantes presentes, o que representou prejuízo para os cofres da Arena. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos