Roger Machado admite que áudio de Argel motivou o Grêmio: "É inegável"

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O áudio vazado do técnico Argel dizendo que o Inter 'passaria o trator' sobre o Grêmio motivou ainda mais os jogadores do Tricolor. Segundo o técnico Roger Machado, ele não usou o material em preleção por considerar outros fatores mais importantes, mas sem dúvida os jogadores entraram com mais vontade de vencer movidos pelo comentário do treinador rival. 

"É inegável (que motivou o elenco), está no ambiente. Eu não uso. Há coisas mais importantes para eu falar. Mas o fator motivacional é muito importante. Não há dúvida. Mas quero o time motivado e organizado. Interessado do começo ao fim. É isso que faz a diferença. Os atletas têm amigos, convivem... Mas não devemos é levar isso para fora do campo. O clássico foi bonito, foi limpo. Não uso este tipo de material, mas entendo que em algum percentual entrou no campo. Eu não trato com estes elementos. Não quero dar resposta para ninguém", disse o técnico Roger Machado. 
 
Depois da partida o Twitter oficial do Grêmio postou uma foto de um trator com a legenda: "Terminou a lida no campo". Na saída do campo, o lateral direito Edílson falou: "Fundiu o motor do trator deles", em tom de resposta. 
 
Dentro de campo, o Tricolor venceu o clássico com gol de Douglas e chegou aos 24 pontos na classificação. Segundo Roger, a pressão ao Palmeiras é o objetivo até a possibilidade de assumir a ponta. 
 
"Sempre estivemos na briga pelo título. O objetivo é sempre estar próximo dos líderes e levar isso até o final. Encostamos de novo e agora podemos encurtar a distância", comentou. 
 
O próximo confronto do Grêmio será diante do Figueirense, no domingo às 11h (horário de Brasília), na Arena. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos