Marlone desiste de transferência ao Sport e buscará espaço no Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Agência Corinthians

Procurado pelo Sport no início da semana, o meia-atacante Marlone descartou a ideia de se transferir do Corinthians antes mesmo do prazo. A ideia da direção do clube pernambucano era aguardar por uma posição sobre o negócio até segunda-feira. 

Em dúvida sobre sua situação no Corinthians, Marlone até cogitou uma conversa com o treinador Cristóvão Borges para saber se estava nos planos. Mas, ciente de que o negócio seria difícil e de que há possibilidade de brigar por mais espaço no elenco corintiano, o jogador rapidamente decidiu ficar. 

Como pagou cerca de R$ 4 milhões por 50% dos direitos econômicos de Marlone, que está registrado na Penapolense, o Corinthians também acenou para o atleta e seus empresários que não estava disposto a facilitar uma negociação no momento. Sem muito clima para um negócio, as partes entenderam que era melhor não ir adiante. 

"Graças a Deus, todos do banco estão insatisfeitos. De uma maneira boa. Todos estão trabalhando e sabendo que todos terão seu espaço para jogar na hora possível", comentou o diretor de futebol Eduardo Ferreira na quinta-feira. 

Sem muitas oportunidades com Tite, o meia Marlone perdeu ainda mais espaço após a saída do treinador. Seja com o interino Fábio Carille ou com o substituto Cristóvão Borges, ele sequer foi a campo. A última atuação foi diante do Coritiba há mais de um mês. Naquele jogo, ele perdeu bola na frente que originou gol do adversário e acabou substituído no intervalo. Recentemente, Rildo ganhou espaço por anotar gol diante do Flamengo. 

Além de Marlone, recentemente o atacante André também foi alvo de assédio do Sport, mas resolveu ficar no Corinthians após conversa com o treinador Tite. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos