Ricardo Oliveira treina pela 2ª vez com bola, mas na reserva de Rodrigão

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Ricardo Oliveira dificilmente será titular no clássico contra o Palmeiras, nesta terça-feira

    Ricardo Oliveira dificilmente será titular no clássico contra o Palmeiras, nesta terça-feira

O atacante Ricardo Oliveira treinou com bola na tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, pela segunda vez consecutiva. No entanto, o camisa 9 participou da atividade entre os reservas. O técnico Dorival Júnior manteve Rodrigão na equipe titular.

"Sabemos da qualidade do Ricardo Oliveira. Vou trabalhar no dia a dia em busca do meu espaço. Deixo a escolha na mão do Dorival", afirmou Rodrigão, empolgado em ser mantido como titular.

Ricardo Oliveira participou da famosa 'roda de bobinho' no futebol e depois realizou um treino de dois toques em campo reduzido. Enquanto isso, os titulares fizeram um trabalho de ataque contra defesa.

A participação de Ricardo Oliveira no clássico contra o Palmeiras, neste terça-feira, às 20h30 (de Brasília), no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, não está descartada. Mas, caso tenha condições de jogo, o camisa 9 dificilmente iniciará o clássico como titular.

Ricardo Oliveira está em fase final de recuperação de uma lesão no joelho direito. O camisa 9 está há dois meses longe dos gramados.

UOL Esporte revelou nesta semana que o estafe do jogador não recebeu nenhuma proposta. Os motivos são muitos, mas o principal deles é a lesão, que culminou no corte da seleção brasileira que disputou a Copa América Centenário, nos Estados Unidos.

O atleta esperava se destacar na competição e chamar a atenção dos chineses novamente, como ocorreu no início deste ano, quando o Beijing Guoan ofereceu 6 milhões de euros, mas o Santos recusou.

Além da lesão, outros motivos esfriam a saída de Ricardo Oliveira. Em maio deste ano ele completou 36 anos. Se não bastasse, o técnico do Beijing, o italiano Alberto Zaccheroni, foi demitido. O treinador italiano conhecia o futebol de Ricardo Oliveira, pois viu o jogador atuar pelo Milan, da Itália. Zaccheroni era um dos responsáveis pelo fato de o time chinês não ter medido esforços para contratar o atacante santista em janeiro deste ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos