Ponte Preta consegue virada sobre o Sport e dorme no G-4 do Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

A Ponte Preta venceu o Sport por 2 a 1 na noite deste sábado, no Moisés Lucarelli, chegou aos 23 pontos e alcançou o G-4 do Campeonato Brasileiro. No reencontro de Eduardo Baptista com seu ex-clube, brilhou a estrela do treinador. Suas substituições no setor ofensivo durante o segundo tempo surtiram o efeito desejado e levaram a equipe campineira à virada. 

Rogério balançou as redes para o Sport logo aos 9 minutos de jogo. Em seguida, William Pottker empatou para a Ponte. O jogo foi decidido aos 33 da segunda etapa, quando Douglas Grolli aproveitou assistência de Roger, cabeceou para o gol e deu números finais à partida.
 
O próximo compromisso da Ponte no Campeonato Brasileiro está marcado para o próximo sábado, às 18h30. A equipe campineira vai à Vila Belmiro para desafiar o Santos. No domingo, às 18h30, o Sport recebe o Grêmio na Ilha do Retiro. 
 

Thiago Galhardo comanda as ações da Ponte

 
Contratado pela diretoria pontepretana após se destacar no Campeonato Paulista com a camisa do Red Bull, Thiago Galhardo foi o maestro da Ponte diante do Sport. No primeiro tempo, ele acertou o lindo passe que colocou William Pottker em boas condições para empatar a partida. Habilidoso, o camisa 10 acertou alguns dribles e conduziu a equipe campineira à frente na segunda etapa. 
 

Apagado, Serginho deixa a desejar no meio do Sport

Enquanto Diego Souza roubava a cena pela vontade dentro de campo e por levar a melhor contra os defensores da Ponte na base da força física, o volante Serginho deixou a desejar no meio-campo rubro-negro. Apático, o camisa 8 errou muitos passes e praticamente não apareceu nas jogadas de transição para o ataque.

Ex-menino da Vila ganha chance como titular, mas decepciona

Giva apareceu no cenário nacional em 2013 como promessa da base do Santos e, sob o comando de Muricy Ramalho, dividiu o ataque do Peixe com Neymar. Com a carreira recheada de lesões e problemas extracampo, ele foi contratado pela diretoria da Ponte há cerca de um mês. Neste sábado, ganhou sua primeira chance como titular e teve atuação discreta. Aos 14 minutos da etapa final, o camisa 17 foi sacado por Eduardo Baptista para a entrada de Rhayner.

Frieza de Rogério coloca o Sport em vantagem no 1º tempo

A Ponte começou a partida adiantando a marcação e tentando complicar a saída de bola do Sport. A estratégia, no entanto, deu certo por pouco tempo, já que, aos 9 minutos, Diego Souza usou sua força física para deixar os adversários para trás. A bola parou nos pés do ex-são paulino Rogério, escalado como centroavante por Oswaldo de Oliveira. O jogador mostrou frieza, deslocou o goleiro João Carlos e colocou os pernambucanos em vantagem.

Ponte reage com William Pottker

O time da casa partiu para o ataque após o gol anotado por Rogério. E o empate não demorou para chegar. Sete minutos depois do gol do Sport, a Ponte igualou o placar.

Thiago Galhardo acertou um passe magistral nas costas da defesa do Sport e encontrou William Pottker, que não desperdiçou. Ele tocou na saída do goleiro Agenor e alcançou a marca de cinco gols no Campeonato Brasileiro - quatro deles nos últimos quatro jogos.

Embora as chances claras tenham diminuído, a partida continuou movimentada e equilibrada até que Héber Roberto Lopes apitasse o fim da primeira etapa.

Centroavante brilha como garçom no Moisés Lucarelli

Eduardo Baptista foi em busca da vitória no segundo tempo. Em um jogo parelho, ele promoveu as entradas dos atacantes Rhayner, Wellington Paulista e Roger e viu sua ousadia ser premiada aos 33 minutos. O centroavante Roger saiu da área e, do canto esquerdo, cruzou com perfeição para o zagueiro Douglas Grolli cabecear para as redes. 
 
Após chegar à virada, a Ponte quase sofreu o empate. Faltando dois minutos para o apito final, uma bicicleta do rubro-negro Rogério passou raspando a trave do goleiro João Carlos. 
 

Eduardo Baptista revê o Sport

Hoje no comando da Ponte, o técnico Eduardo Baptista teve uma noite especial neste sábado. Ele reencontrou o Sport, clube que lhe deu sua primeira chance como treinador.

Eduardo Baptista esteve à frente do Sport de janeiro de 2014 a setembro de 2015, quando se transferiu para o Fluminense. Na Ilha do Retiro, ele conquistou dois títulos: o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste, ambos em 2014. 

FICHA TÉCNICA


PONTE PRETA 2 x 1 SPORT

Data: 09/07/2016 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Héber Roberto Lopes
Assistentes: Nadine Bastos e Carlos Berkenbrock
Cartões amarelos: Jeferson, João Vitor (Ponte Preta); Diego Souza, Durval (Sport)

Gols: Rogério (9'/1º T), William Pottker (16'/1ºT) e Douglas Grolli (33'/2º T)

 

PONTE PRETA
João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Antonio Carlos, Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior, Thiago Galhardo; Giva (Rhayner), Clayson (Wellington Paulista) e William Pottker (Roger)
Treinador: Eduardo Baptista


SPORT
Agenor; Rodrigo Mancha, Matheus Ferraz, Durval, Renê. Rithely (Ronaldo), Serginho, Gabriel Xavier (Lenis), Everton Felipe (Edmílson), Diego Souza; Rogério
Treinador: Oswaldo de Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos