Talismã dos clássicos vira opção para desfalcado Palmeiras contra o Santos

José Edgar e Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    No último encontro com o Santos, Rafael Marques anotou dois gols

    No último encontro com o Santos, Rafael Marques anotou dois gols

As suspensões de Gabriel Jesus e Róger Guedes obrigaram Cuca a pensar. Afinal, quem poderia ocupar o lugar de dois destaques do Palmeiras no Campeonato Brasileiro contra o Santos, na próxima terça. Uma solução possível recai sobre um dos atletas mais experientes do elenco, especializado em render em partidas contra os rivais estaduais.

Sondado por clubes como Grêmio, Sport, Fluminense e Cruzeiro, que acionaram o estafe do atleta para saber da disponibilidade de um empréstimo, Rafael Marques recebeu elogios do treinador e briga por um lugar no ataque ao lado de Dudu, titular e único confirmado no setor para o duelo diante do Santos.

"Ele (Rafael Marques) tem a nossa confiança, faz parte do grupo e pode ser usado a qualquer momento. Ele faz parte dos nossos planos", disse o treinador palmeirense, fundamental para afastar o interesse de outros clubes pelo atacante.

Rafael Marques chega ao clássico de terça-feira com seis jogos disputados no Campeonato Brasileiro. Caso entre em campo diante do Santos, o atacante alcançaria o sétimo e seria impedido, pelo regulamento, de atuar por outra equipe na competição

Cuca destacou a paciência do jogador, que briga com Barrios, Erik e Leandro Pereira por duas vagas no ataque para o duelo contra o Santos.

"O Rafael é experiente sabe que acontece essa questão de ter uma ideia para o time e o jogo pedir outra. Cada jogo é uma história. Você prepara para usar um determinado jogador, mas às vezes a decorrência daquele jogo pede outra", analisou o treinador.

"O Rafa poderia ter entrado em Recife, mas precisamos fazer outras trocas. Tiramos o Jean, com problemas estomacais, e depois o Tchê Tchê por lesão. Fizemos apenas uma troca tática, que foi a entrada do Cleiton Xavier", completou o comandante palmeirense.

Se optar por Rafael Marques, Cuca contará consigo com um jogador de retrospecto positivo nos duelos deste porte. Desde que chegou ao Palmeiras no ano de 2015, o atacante disputou 14 partidas contra os três rivais (Santos, Corinthians e São Paulo) e anotou sete gols.

Diante do adversário de terça-feira, Rafael Marques chega embalado. No último encontro, ocorrido na semifinal do Campeonato Paulista deste ano, o camisa 19 balançou as redes duas vezes e levou a partida para o desempate nos pênaltis – o Santos venceu a disputa depois do 2 a 2 no tempo normal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos