Fluminense encara Vitória e terá 1º ato após desabafo de Levir Culpi

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Nelson Perez/Fluminense

O Fluminense terá o Vitória pela frente neste domingo, às 19h30, em Salvador. Além da oportunidade de se redimir e voltar a vencer no Brasileiro, a partida será também o primeiro ato da equipe após o desabafo do técnico Levir Culpi, na última quarta-feira, quando disse que poderia pedir demissão após empatar com o Ypiranga-RS, pela Copa do Brasil.

Ao que tudo indica, os jogadores estão do lado do treinador, mesmo após Levir dizer que eles não estavam assimilando o que era proposto nos treinamentos. O fato é que o elenco se reuniu e pediu para que o comandante desistisse de pedir demissão.

''Ele falou aqui e fomos contra. Quando ganha, é tudo uma maravilha. Quando perde, as cobranças aparecem. Estamos juntos com o Levir. Se ganhamos juntos, porque não podemos reverter esse quadro juntos? Nada melhor do que uma conversa para colocar tudo nos trilhos e seguir a caminhada'', disse Cícero.

"O clima está bom. A gente sabe da pressão que vem sofrendo. Eu falo por mim. Sai de casa com 15 anos, sabia que teria de assumir a responsabilidade. A vida segue e temos vários jogos para mudar essa situação", completou o meio-campista.

Internamente, o episódio foi encarado como um desabafo de Levir Culpi. A verdade é que serviu para mandar um recado para todos: os jogadores precisam render mais. A diretoria, por outro lado, tem demorado demais na busca por reforços. Outra reclamação é a ineficiência em conseguir uma casa no Rio – será em Edson Passos já na próxima rodada em casa.

Para piorar a situação, o Fluminense não poderá contar com Gustavo Scarpa, que sofreu um estiramento no joelho direito e ficará afastado dos gramados por até três semanas. Wellington Silva, por outro lado, fez exame na coxa esquerda e nada foi constatado. Já Diego Cavalieri reclama de dores na lombar, mas deve jogar. Levir ainda terá o retorno de Marcos Júnior, recuperado de uma pubalgia.

VITÓRIA X FLUMINENSE

Data e hora: 10/07/2016, domingo, às 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Alberto Poletto Masseira (SP)

Vitória
Caíque; Victor Ramos, Kanu e Thiago Real; Diego Renan, Amaral, Willian Farias e Euller; Vander, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini

Fluminense
Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e Willian Matheus; Douglas, Dudu e Cícero; Maranhão, Osvaldo e Magno Alves. Técnico: Levir Culpi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos